Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/12/2008 14:23

FAMASUL garante que PEP seja de R$1,80

Fabiane Sato

A Federação de Agricultura e Pecuária de MS (FAMASUL), juntamente com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e do Governo Estadual de MS solicitaram a alteração do valor do Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para a comercialização do milho no Estado.
Para Mato Grosso do Sul foram autorizados pelo Governo Federal a comercialização de 60 mil toneladas de milho por semana com o preço mínimo de R$14,00 para a saca e o PEP de R$1,08. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no leilão da última semana não houve comercialização de nenhuma saca de milho no estado.

O assessor de agricultura FAMASUL, Lucas Galvan, afirma que essa falta de interesse do comerciante se deve ao baixo valor do PEP, mas que no próximo leilão o valor será alterado. “Nós da FAMASUL, solicitamos que o nosso PEP fosse igualado ao de Goiás, no valor de R$1,80”.

O terceiro leilão público para a comercialização do milho em MS, que acontece nesta quinta-feira (11), é o último do ano de 2008. Galvan ressalta ainda que as expectativas para este próximo leilão sejam positivas. “Acredito que o aumento do valor do prêmio contribua para o interesse do comerciante e que se comercialize pelo menos uma parte dessas 60 mil toneladas”, afirma.

De acordo com o regulamento da Conab, a compra da commodity só será válida se o comerciante puder comprovar o escoamento do produto para as regiões norte e Nordeste do país ou em caso de exportação.

Prêmio de Escoamento de Produto

O PEP é um instrumento de comercialização criado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que contribui para regular o mercado e amenizar os problemas da cadeia produtiva.

Em Mato Grosso do Sul, o PEP é uma alternativa para o escoamento do milho excedente da safra de 2008. De acordo com Galvan a expectativa para o próximo ano é de que esse excedente caia consideravelmente

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)