Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/05/2006 15:35

Famasul diz que produtores vão acatar decisão judicial

Aline dos Santos / Campo Grande News

Após reunião com representantes de 34 sindicatos rurais, a Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul) orientou os produtores a obedecerem a decisão do juiz Ricardo César Galbiat, da segunda Vara de Fazenda Pública, que determinou a liberação das rodovias e das agências fazendárias. “A postura do movimento é atender as leis, assim que as notificações forem chegando às comarcas, as Agenfas e estradas serão liberadas”, explica a coordenadora do movimento “Alerta ao Campo”, Teresa Cristina Corrêa da Costa, diretora da Famasul.
Conforme Tereza, os produtores vão continuar em frente às agências fazendárias e às margens das rodovias. Ontem, as solicitações dos produtores foram repassadas a uma comissão formada por deputados federais e também ao governo do Estado. “Amanhã, oito governadores vão a Brasília em busca de solução”, conta.
Ela pondera que a decisão a ser tomada é política. “O governo federal não deve mudar a política cambial por problemas de uma categoria, mas deve nos dar respostas”, enfatiza.
Os produtores cobram o estabelecimento de preço mínimo, seguro rural e diminuição de imposto para importação de insumos. “Queremos políticas de médio prazo para a agricultura”, assinala. No próximo dia 16, a manifestação dos produtores será em Brasília, onde mil produtores devem ocupar o Congresso Nacional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)