Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/08/2004 10:31

Famasul defende rasteabilidade facultativa

O presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito Filho, participa nesta segunda-feira (23/08), da reunião do grupo responsável pela revisão do Sisbov (Sistema Brasileiro de Identificação e Certificação de Origem Bovina e Bubalina). O grupo foi

montado pelo Ministério da Agricultura Pecuário e Abastecimento (MAPA), e conta com representantes de toda cadeia produtiva da carne, além do poder legislativo e do governo.



A reunião acontecerá às 14h e deve discutir a propostas de livre adesão dos produtores rurais ao sistema, que já recebeu o aval do ministro Roberto Rodrigues. O ministro concordou com a rastreabilidade facultativa após se reunir com a Comissão de Agricultura da Câmara Federal, representada pelos deputados Ronaldo Caiado, Waldemir Moka e Alberto Ludipon.



Com participação no grupo de discussão do Sisbov, a Comissão de Agricultura da Câmara nomeou Léo Brito como representante dos Deputados. Brito que já vinha participando do processo, como suplente da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), disse que proposta da Comissão dos deputados é idêntica a da CNA, defendida por seu presidente Antônio Ernesto de Salvo. “Vamos encaminhar uma proposta única ao Ministério, que dê ao produtor rural brasileiro, opção de escolha”, ressaltou Brito.



Eudete Petelinkar 22/08/2004



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)