Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/11/2006 06:40

Famasul critica aumento de pauta da soja

O aumento da pauta da soja, publicado no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (10-11) pela Secretaria de Estado de receita e Controle demonstra, na opinião do vice-presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL) Eduardo Riedel, a falta de sensibilidade do Governo do Estado para com o agronegócio.
O valor de referência para tributação saltou de R$24,60 para R$28, 20, nas operações internas. Para operações interestaduais passou de R$32,50 para 36. “Toda vez que um produto tem reação no mercado o governo corre para ajustar a pauta, quando o inverso ocorre temos que ir atrás para pedir a diminuição, como acontece com a pauta do boi”, explica Riedel.

Este aumento pode achatar ainda mais a margem dos agricultores. “Não concordamos com essa iniciativa unilateral, ! ainda mais neste momento pelo qual a atividade passa”, afirma o vice-presidente, lembrando que os dados divulgados pelo IBGE na última quarta-feira (08-11), que apontam diminuição de 9,2% na área plantada em Mato Grosso do Sul, confirmam essa idéia.

Mesmo com a situação favorável do agronegócio internacional, as condições no Estado não são as melhores. “A política macroeconômica está inviabilizando a atividade, com as taxas de juros e a valorização do real frente ao dólar”. Na outra ponta, os preços dos alimentos, como arroz e óleo já estão aumentando.

O presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Luiz Alberto Moraes Novaes, revela que os municípios do interior começam a sentir o reflexo desse achatamento. “As revendedoras de máquinas e insumos agrícolas vendem cada vez menos e o desemprego está aumentando cada vez mais”.


Autor: Thiago Fraga

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)