Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/06/2005 12:53

Falta de informação pode levar a irregularidade, diz TCU

Inara Silva / Campo Grande News

Muitas irregularidades encontradas pelo TCU (Tribunal de Contas da União) em prefeituras brasileiras foram causadas pela falta de informação dos administradores públicos. Segundo o ministro do TCU, Marcos Bemquerer, que está hoje em Campo Grande, grande parte dos casos detectados pela Controlagoria-Geral da União estão relacionados com realizações de convênios e licitações de forma irregular e não com a má-fé dos prefeitos.
O evento, com o tema “Diálogo Público”, é realizado em parceria com o TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado) e termina na sexta-feira, dia 10. A intenção é estabelecer a aproximação com os gestores públicos com palestras sobre a qualidade dos gastos públicos e as contribuições dos órgãos de controle à gestão municipal. Serão tratados assuntos como licitações e obras públicas, o controle externo no TCE e sobre a lei de Responsabilidade Fiscal.
Em entrevista ao Bom Dia MS, o ministro afirmou que uma irregularidade, comum, por exemplo, é quando os prefeitos mantêm recursos de convênios na mesma conta da prefeitura. “São informações simples que evitam que a conta seja impugnada”.
Caso seja comprovada a má-fé, segundo o ministro, o prefeito é responsabilizado, multado e deve ressarcir a verba desfalcada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)