Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2011 10:22

Falsos advogados exerciam atividade profissional em Mato Grosso

24horasnews

Uma denúncia de possível captação ilegal de clientes que seria efetivada durante uma reunião levou a Polícia a descobrir e prender um casal que se passava por advogado, atuando em Tangará da Serra, no médio Norte de Mato Grosso. Eles serão enquadrados por falsidade ideológica. Os integrantes da OAB de Tangará da Serra acompanharam todos os procedimentos, desde a prisão dos acusados até o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia.


Panfletos foram distribuídos na cidade convidando trabalhadores rurais e pescadores a participarem de uma reunião para darem entrada no pedido de aposentadoria rural. O folder ainda continha o rol de documentos a serem levados para que o processo fosse iniciado.

Por volta de 19 horas, o presidente da OAB/Tangará, juntamente com os advogados Rafael Martinazzo e Kleiton Araújo Carvalho foram até o local para notificar os organizadores da ilegalidade do ato de captação de clientes. Porém, constatou-se que eles não eram advogados e estariam agindo em nome de outras pessoas. Assim, conforme Josemar Carmerino, foi acionada a Polícia Militar, que prendeu o casal sob a acusação de exercício ilegal da profissão.

Com os acusados foram apreendidos documentos como procurações e contratos de honorários que estavam sendo firmados com a população atendida ilegalmente. Nos documentos havia nomes de advogados da cidade de Fernandópolis, estado de São Paulo, e de Pontes e Lacerda, região Oeste de Mato Grosso. Esses nomes serão levados à Seccional da OAB para apuração e possível instauração de processo ético-disciplinar junto ao Tribunal de Ética e Disciplina.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)