Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

06/06/2013 08:49

Falso jornalista que transportava 17 kg de ouro é preso na divisa de MS com SP

José Luiz Lançoni, Região Noroeste
Ouro foi extraído de minas em Mato Grosso. (Foto: Divulgação)Ouro foi extraído de minas em Mato Grosso. (Foto: Divulgação)

Um homem foi preso na manhã de ontem (05) na Rodovia SP-320 (Euclides da Cunha) na divisa dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul transportando em um veículo de passeio 17 quilos de ouro que estavam acondicionados em vários pacotes distribuídos nas vestes do preso e no porta-malas do carro.

Uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar abordou o veículo, oriundo do Estado de Mato Grosso, após a entrada dele no Estado de São Paulo, nas proximidades da divisa paulista com o Estado de Mato Grosso do Sul.

Após a abordagem policial, o motorista, um paulistano, de 41 anos, identificou-se inicialmente como cinegrafista profissional de uma rede nacional de TV e apresentou crachá e colete com a logomarca da empresa.

Em razão do nervosismo do preso, foi realizada um busca minuciosa no veículo e o metal precioso foi encontrado.

Ele confessou que ele não era cinegrafista e que o crachá e colete foram entregues pelos donos do ouro com o objetivo de intimidar policiais que quisessem vistoriar o veículo em barreiras no decorrer do trajeto.

De acordo com o preso, ele fazia o transporte do ouro do Estado de Mato Grosso (Cuiabá) e parte seria entregue em São José do Rio Preto (SP) e o restante seria entregue na sede de uma empresa paulista que comercializa o metal precioso na capital de São Paulo.

O veículo de passeio utilizado no transporte é de propriedade da empresa.

O metal precioso é extraído em garimpos do interior de Mato Grosso e posteriormente é transportado em pequenas quantidades até as capitais do país onde é comercializado. Parte do material apreendido estava acompanhada de notas fiscais, porém, a autenticidade das mesmas será verificada posteriormente assim como a conduta dos proprietários da empresa que utilizaram meios impróprios para o transporte de tamanha quantidade de metal precioso.

O restante do ouro apreendido, que estava desacompanhado de notas fiscais, ocasionou a prisão em flagrante delito do picareta pelo crime tipificado na lei 8.176/91 com pena máxima de 5 anos de prisão. Em razão da pena máxima, somente o juiz poderá arbitrar fiança.

A PF de Jales (SP) continuará as investigações com o intuito de desvendar possível esquema criminoso relativo à extração e comercialização ilegal de ouro proveniente do Estado de Mato Grosso assim como verificar a possível participação de outras empresas e indivíduos no negócio ilegal.
O preso e o material apreendido foram levados à sede da Delegacia de Polícia Federal em Jales (SP).

Ele será ouvido pela autoridade policial e posteriormente será encaminhado ao presídio de Santa Fé do Sul (SP) onde permanecerá à disposição da Justiça.

O ouro apreendido será periciado e posteriormente custodiado em Instituição Financeira da região aguardando decisão judicial sobre o seu destino.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)