Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/02/2011 14:22

Fábrica de fertilizantes em Três Lagoas operará em 2014

Notícias MS/Luciana Gabas

A fábrica de fertilizantes da Petrobras que será instalada em Três Lagoas começa a funcionar em setembro de 2014. A Licença de Instalação da unidade – emitida pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) - foi assinada nesta terça-feira (22) pelo governador André Puccinelli e entregue à diretora da área de Gás e Energia da Petrobras, Maria da Graça Silva Foster. Com a liberação do documento, as obras já poderão ser iniciadas e segundo a diretora os trabalhos de terraplanagem começam na primeira semana de maio.

A Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III) terá capacidade de produção de 1,210 milhão de toneladas de ureia e 761 mil toneladas de amônia por ano. A fábrica será a maior unidade de fertilizantes da América Latina e vai duplicar a produção de uréia no país. Atualmente o Brasil importa 65% da uréia consumida no mercado interno.

Para a secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, a instalação da planta em Mato Grosso do Sul vem ao encontro das necessidades do setor agrícola e atrai novos empreendimentos para a região. “Já tem outros fabricantes interessados em produzir NPK [adubo utilizado na lavoura]”. A secretária ressalta que a capacidade técnica do executivo foi fator preponderante para a escolha do local de instalação da fábrica. “São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e Pernambuco queriam, mas nós tivemos o privilégio de tecnicamente ser o estado escolhido”, destacou Tereza Cristina.



Durante a construção, a obra vai gerar cerca de cinco mil empregos diretos e depois de pronta deve empregar de 500 a 600 trabalhadores. A Petrobras vai priorizar a contratação da mão de obra local, que deve ser capacitada para as necessidades do empreendimento por meio do Plano Nacional de Qualificação para a Indústria do Petróleo e Gás Natural (Promimp).






Para formação dos trabalhadores, a empresa conta com a parceria da prefeitura e do governo do Estado. “Quem se beneficia é a população de Mato Grosso do Sul, do Brasil e principalmente de Três Lagoas, que terá qualificação para o trabalho”, disse a prefeita do município, Márcia Moura, que esteve presente na reunião da Governadoria junto com a vice-governadora Simone Tebet, dos secretários de Meio Ambiente e Planejamento do Estado Carlos Alberto Menezes e da Fazenda Mário Sérgio Lorenzetto. Também participaram do encontro o deputado estadual Eduardo Rocha e o prefeito de Brasilândia, Antônio de Pádua Thiago.

Licenciamento

De acordo com o secretário Carlos Alberto Menezes, o trabalho participativo das equipes do governo do Estado e Petrobras, desde o início das discussões, propiciou maior celeridade no andamento dos trâmites legais. O pedido de licença Prévia da fábrica de fertilizantes foi solicitado ao Imasul em 9 de agosto de 2010. Em 16 de setembro do mesmo ano, uma audiência pública foi realizada em Três Lagoas para discussão do projeto e no dia 18 de janeiro deste ano, a empresa apresentou pedido de Licença de Instalação ao órgão do governo estadual. “Todas as exigências técnicas e ambientais foram cumpridas”, ressalta Menezes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)