Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

15/05/2012 10:42

Fabio Trad: "O fato de haver jornalistas criminosos não autoriza criminalizar a imprensa”

Assessoria

Os fatos que levaram o Congresso Nacional a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito Mista (CPI) para investigar as relações entre o contraventor Carlinhos Cachoeira, empresas e parlamentares respingou também em setores da mídia. Excessos cometidos, no entanto, não devem ameaçar um dos pilares da democracia: a liberdade de imprensa. Esta é a opinião do deputado federal Fabio Trad (PMDB – MS), para quem casos pontuais não devem servir de pretexto para uma normatização draconiana contra a imprensa.

“A liberdade de imprensa e a liberdade de expressão de pensamento não são dádivas, mas conquistas. Se a imprensa existisse com plena liberdade desde os primeiros anos da civilização cultural, golpes políticos seriam denunciados, ditaduras seriam desmascaradas, planos liberticidas e projetos genocidas descobertos, intenções malévolas seriam antecipadas e milhões de vidas seriam poupadas da morte violenta ou precoce. O fato de haver jornalistas criminosos não autoriza criminalizar, via domesticação e subserviência, a própria imprensa. Afinal, ela encarna um valor fundamental para a democracia”,afirmou o deputado sul-mato-grossense.

Fabio Trad disse ainda que “contra abusos cometidos em nome da liberdade de imprensa, existem instrumentos legais visando a tutela de bens jurídicos violados”. E afirmou: “Além destes instrumentos legais, não podemos sequer pensar em sufocar, ameaçar, jamordaçar a imprensa. Por essas razões, reafirmo a minha crença nos valores democráticos dos quais a imprensa incorpora e projeta o seu exercício”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Novembro de 2017
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)