Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/08/2004 16:40

Expansão de Portos Secos é realidade no país

Agência Brasil

O Porto Seco do Distrito Federal, apresentado esta semana a empresários como opção de escoamento de mercadorias, é o quinto do último lote de licitações. Outros dez ainda devem ser licitados e 62 já funcionam em 14 estados: Amazonas, Bahia (2), Espírito Santo (3), Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais (5), Pará, Paraná (6), Pernambuco, Rio de Janeiro (3), Rio Grande do Sul (8), Santa Catarina (2) e São Paulo (27).

“Na realidade, o que o governo quer é interiorizar os processos administrativos e aproximar o proprietário da mercadoria do seu ponto de recebimento ou do seu ponto de partida para exportação”, disse o diretor comercial do Porto Seco, Marcelo de Paula.

Uma aproximação que será traduzida em redução de custos. É o que esperam os empresários interessados no Porto Seco do DF. Com 1,6 mil funcionários, a Só Frango, empresa do Distrito Federal, começou a exportar seus produtos no segundo semestre de 2003 e faturou US$ 2,5 milhões. Hoje, a empresa ocupa espaço em países da Ásia. A meta é alcançar US$ 16 milhões. A Só Frango embarca 1,2 mil toneladas do produto por mês para o porto de Itajaí.

O gerente da empresa, Ricardo Brandalisi, acredita que, com o Porto Seco, será possível reduzir o custo do frete. “Hoje, gastamos perto de R$ 300 mil, em frete terrestre, para trazer contêineres vazios e levá-los cheios até o porto. A expectativa é reduzir em, pelo menos, 50% esse frete”, disse. (Anderson Arcoverde)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)