Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/02/2007 15:05

Exército incorpora 1.200 homens no MS

O Exército Brasileiro, através da Brigada Guaicurus de Dourados, promove amanhã a incorporação de 1,2 mil homens. São subordinadas à Brigada as organizações de Bela Vista (10º R C Mec), Ponta Porã (11º R C Mec), Amambaí (17º R C Mec), Nioaque (9º GAC), Campo Grande (20º R C B ), Jardim (4ª Cia E Cmb Mec) e Dourados (28º B Log, Esqd Cmdo, 14ª Cia Com Mec e 4º Pel PE).

Segundo a assessoria de comunicação do Exército, ao ingressar na caserna, o jovem aprende técnicas que o habilitam a fazer uso do material bélico posto à sua disposição. Junto, incorpora valores essenciais como: solidariedade, confiança, entusiasmo, determinação e perseverança, ferramentas que lhe permitirão levar a bom termo sua missão de soldado. Paralelamente, tem a oportunidade de praticar um ofício ou aperfeiçoar-se em cursos profissionalizantes, proporcionados por sua unidade ou convênios com instituições civis. “Dessa forma, o Exército integra à força de trabalho do País um preparado contingente de jovens”, diz a nota do Exército.

A partir da data da incorporação os recrutas irão passar por um período de instrução básica, que tem duração de 11 semanas, ao longo das quais o incorporado adquire reflexos e conhecimentos indispensáveis ao prosseguimento da vida na caserna e, ao seu término, está habilitado a receber o Certificado de Reservista de 2ª Categoria. A ela segue-se a Instrução Individual Qualificada (IIQ), realizada em oito semanas, cuja finalidade é preparar o recruta para desempenhar um cargo na estrutura de sua organização militar (OM). Com a conclusão dessa fase, o militar está apto a receber o Certificado de Reservista de 1ª Categoria.

O Serviço militar

O Serviço Militar consiste no exercício de atividades específicas desempenhadas pelas Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica - e compreende, na mobilização, todos os encargos com a Defesa Nacional.

Na evolução da nacionalidade - a nossa história é plena de dignificantes exemplos - por diversas vezes, brasileiros foram convocados a empunhar armas, participando de um Exército consciente de suas responsabilidades institucionais na defesa dos interesses nacionais. No início do século XX, necessidades inadiáveis impuseram à Nação normatizar procedimentos e adotar rotinas até então realizadas de maneira empírica.

Em 1908 foi instituída, por lei, a obrigatoriedade do Serviço Militar. Todavia o novo sistema só foi efetivado após memorável campanha cívica de Olavo Bilac. A lei determinava que o recrutamento se fizesse mediante sorteio militar, o que foi inaugurado em 1916. Tal sistema vigorou até 1945, quando foi implantado o recrutamento na forma de convocação geral por classe, em vigor até os dias de hoje.

A estrutura do Serviço Militar, com órgãos disseminados em todo o território brasileiro, está baseada numa ampla legislação, respaldada na história e nas tradições nacionais. A Constituição Federal, em seu artigo 143, estabelece que o Serviço Militar é obrigatório, nos termos da lei. Como principal instrumento legal, a Lei do Serviço Militar (Lei Nº 4.375, de 17 de Agosto de 1964) e seu Regulamento (Dec Nº 57.654, de 20 de Janeiro de 1966) fixam as normas, os procedimentos, os direitos e os deveres de todos os cidadãos brasileiros, no que tange à prestação do Serviço Militar Obrigatório.

A Diretoria de Serviço Militar (DSM) é o órgão de apoio técnico-normativo, encarregado de dirigir, orientar, coordenar e controlar as atividades ligadas ao Serviço Militar, no âmbito do Exército, em todo o Território Nacional. (Assessoria)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)