Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2005 10:11

Exame da Ordem atinge reprovação recorde, de 89,9%

Maristela Brunetto/Campo Grande News

O exame aplicado pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) em bacharéis para obterem a autorização para atuar teve reprovação recorde em Mato Grosso do Sul. De 542 candidatos que prestaram o exame em março, só 55 conseguiram sair aprovados da segunda e última fase. A reprovação foi de 89,9%, jamais alcançada. É também superior à de muitos outros estados do País.
Entre os que divulgaram resultados recentemente, Mato Grosso do Sul fica atrás apenas do Paraná, onde 91,1% dos candidatos não passaram no exame. Em São Paulo, a reprovação foi de 79,35%, no Amapá também foi alta- 88,15%. No Espírito Santo está a menor média, com 49,4% dos candidatos aprovados.

No exame mais recente aplicado no Estado, dos 55 aprovados, 52 são alunos formados em instituições de MS. Ao todo, participaram egressos de 46 instituições do País. Ex-alunos da UCDB tiveram melhor desempenho, com 15,89% dos candidatos da instituição aprovados. Da UFMS, 6 dos 44 inscritos passaram (13,64%). Da Uniderp foram 14 dos 122 (11,48%). Onze ex-alunos da UEMS prestaram e nenhum passou na segunda fase. Da Unigran, de Dourados, 3 dos 71 candidatos conseguiram a aprovação.

A reprovação em larga escala não é novidade aqui e nem no cenário nacional. Também não é um fenômeno novo. A OAB nacional remete à discussão da proliferação do número de cursos de direito quando coloca em xeque o preparo dos alunos para o exame. De 165 cursos em 1992 (110 de instituições privadas e 55 públicos), saltou para 599 (495 privados e 104 públicos), aumento de 718%. No final de maio, o MEC (Ministério da Educação) decidiu criar uma comissão para avaliar os cursos.

Já que não pode interferir na expansão desenfreada, a OAB tem o exame como um filtro para selecionar os profissionais que vão para o mercado. "Você precisa saber que tipo de gente vai pôr nos seus quadros", diz o coordenador da Comissão de Estágio e Exame da Ordem, Antônio César Lacerda. Ele aponta que o advogado tem muitas prerrogativas e um mau profissional pode "estragar o patrimônio" de pessoas.

Lacerda coordena a comissão desde que foram aplicados os três últimos exames, onde a queda foi progressiva. O 79º exame teve aprovação de 16,37%, caiu para 12,76% na seleção seguinte e chegou agora aos 10,9%. No exame de número 78, a aprovação foi considerável- de 526 candidatos, 232 passaram (44,11%). Nesta prova, 80% dos egressos da UFMS que prestaram o exame passaram; da UCDB foram 60,58% e da Uniderp 42,67%.

Lacerda diz que a limitação da possibilidade de recursos ajudou na reprodução. Agora só são aceitos recursos em casos de questões erradas ou soma errônea da nota.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)