Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

29/05/2013 15:02

Ex-prefeito terá que devolver mais de R$ 11 mil ao cofre do município

Campo Grande News/ Luciana Brazil

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado decidiram, por unanimidade, que o ex-prefeito de Caarapó, Mateus Palma de Farias, deverá devolver mais de R$11 mil aos cofres do município. O valor faz parte de irregularidades apontadas na prestação de contas do contrato administrativo entre Caarapó e a empresa Auto Posto Baena LTDA.

Ao todo, Vargas deverá pagar R$ 11, 840 mil. A determinação foi votada durante a sessão desta terça-feira, com a presença dos conselheiros Iran Coelho e Marisa Serrano, além do substituto Joaquim Martins de Araújo Filho.

De acordo com o TCE, a irregularidade está relacionada com a execução financeira do contrato n° 976/2009, já que existe diferença entre os valores dos pagamentos efetuados e os valores comprovados por meio de notas fiscais, apresentadas na prestação de contas.

Os valores pagos somam R$ 2. 037. 367, 56 milhões. Já a soma da prestação de contas foi de R$ 2. 025. 527, 29 milhões.

Além de devolver a diferença de R$ 11. 840 mil, o ex-gestor terá arcar com multa de 50 Uferms que será recolhida ao Funtc (Fundo Especial de Desenvolvimento, Modernização e Aperfeiçoamento do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul).

Ainda de acordo com relatório, o procedimento licitatório e o instrumento contratual formalizado pela Prefeitura de Caarapó para a aquisição de combustíveis estão dentro da legalidade.

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE/MS, os gestor poderá entrar com recurso ordinário ou pedido de revisão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)