Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/05/2013 15:02

Ex-prefeito terá que devolver mais de R$ 11 mil ao cofre do município

Campo Grande News/ Luciana Brazil

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado decidiram, por unanimidade, que o ex-prefeito de Caarapó, Mateus Palma de Farias, deverá devolver mais de R$11 mil aos cofres do município. O valor faz parte de irregularidades apontadas na prestação de contas do contrato administrativo entre Caarapó e a empresa Auto Posto Baena LTDA.

Ao todo, Vargas deverá pagar R$ 11, 840 mil. A determinação foi votada durante a sessão desta terça-feira, com a presença dos conselheiros Iran Coelho e Marisa Serrano, além do substituto Joaquim Martins de Araújo Filho.

De acordo com o TCE, a irregularidade está relacionada com a execução financeira do contrato n° 976/2009, já que existe diferença entre os valores dos pagamentos efetuados e os valores comprovados por meio de notas fiscais, apresentadas na prestação de contas.

Os valores pagos somam R$ 2. 037. 367, 56 milhões. Já a soma da prestação de contas foi de R$ 2. 025. 527, 29 milhões.

Além de devolver a diferença de R$ 11. 840 mil, o ex-gestor terá arcar com multa de 50 Uferms que será recolhida ao Funtc (Fundo Especial de Desenvolvimento, Modernização e Aperfeiçoamento do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul).

Ainda de acordo com relatório, o procedimento licitatório e o instrumento contratual formalizado pela Prefeitura de Caarapó para a aquisição de combustíveis estão dentro da legalidade.

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE/MS, os gestor poderá entrar com recurso ordinário ou pedido de revisão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)