Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/09/2007 12:14

Ex-mulher do juiz Rocha Mattos continua presa

STJ

Norma Regina Emílio, ex-mulher do juiz federal afastado João Carlos da Rocha Mattos, vai continuar presa. Por unanimidade, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) não conheceu do pedido de habeas-corpus no qual a defesa pretendia sua liberdade imediata. Entretanto recomendou à Justiça Federal a agilização do processo contra ela.

Norma Regina foi denunciada em ação penal pública que lhe imputara a prática do crime de formação de quadrilha ou bando. Ela encontra-se, atualmente, recolhida na Penitenciária Feminina de São Paulo em razão do cumprimento de mandado de prisão proveniente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. No habeas-corpus, a defesa alegou que a manutenção da prisão preventiva de Norma Regina é ilegal, visto que determinada por desembargadora sem competência para tal.

Liminar

O habeas-corpus foi impetrado pela defesa de Norma Regina nas férias forenses de janeiro de 2007, contra decisão de desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo que indeferiu liminar em habeas-corpus ali impetrado.

Ao indeferir a liminar, o vice-presidente do STJ, no exercício da Presidência, ministro Francisco Peçanha Martins, destacou que não cabe habeas-corpus contra decisão que denega liminar em outro habeas-corpus, sob pena de indevida supressão de instância, salvo em caso de ilegalidade manifesta ou abuso de poder.

Além disso, o ministro ressaltou que, no julgamento do HC 59.663 pela Quinta Turma do STJ, o ministro Gilson Dipp definiu que os atos praticados pela desembargadora Therezinha Cazerta não são nulos, por não se tratar de incompetência absoluta, mas de mero reconhecimento da não-conexão entre as ações penais. “Assim, não há falar, portanto, em flagrante ilegalidade da decisão monocrática ora impugnada”, afirmou.


Autor(a):Cristine Genú

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)