Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/01/2011 15:29

Ex-diretor do BC diz que medida cambial anunciada hoje é prudencial e já era esperada

Alana Gandra, Agência Brasil

Rio de Janeiro - A criação do compulsório sobre a carteira de câmbio dos bancos, anunciada hoje (6) pelo Banco Central (BC), já era esperada e não levará a uma alta acentuada do dólar no médio prazo. “Só no curto prazo”, disse o economista Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do BC e atual chefe da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

\"É uma medida prudencial, não monetária”, afirmou Freitas. Segundo ele, o objetivo é segurar temporariamente a queda do dólar. A medida prevê que as instituições financeiras repassem ao Banco Central 60% sobre o valor da posição de cambio vendida que exceder US$ 3 bilhões ou o montante equivalente ao patrimônio de referência do banco.

“São medidas pontuais, que não vão ter, necessariamente, repercussão na tendência do dólar, mas encarecem a aposta de que o dólar vai cair muito mais ainda. Como o Banco Central deu um prazo de três meses para os bancos se ajustarem, é uma medida que vai fazer com que o dólar não continue caindo tão rapidamente como estava”, ressaltou Carlos Thadeu.

O economista disse à Agência Brasil que a entrada de dólares no país vai continuar, tanto para investimento quanto para empréstimos e mercados futuros que, hoje, movimentam mais dólares do que os mercados presentes. “Esses mercados estão livres e vão continuar livres.”

Freitas reiterou que se trata de uma medida pontual, que visa a evitar que os bancos \"fiquem muito vendidos em dólar, inclusive para não deixá-los em situação difícil, se o dólar voltar a subir”.

Edição: Nádia Franco

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)