Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

27/02/2015 21:37

Evandro Pelarin divulga carta de despedida

Redação
Evandro Pelarin divulga carta de despedida

O juiz de Direito Evandro Pelarin publicou em seu Facebook uma carta de despedida da comarca de Fernandópolis. Foi promovido para São José do Rio Preto. Leia:

Despedida
Disse a poetisa: despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. A despedida é o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância.
No meu último dia de trabalho nesta cidade, após quase dez anos, oito da noite, fecho os olhos, respiro fundo e concluo: trabalhei aqui intensamente. Com gosto. Com prazer. Com disposição que, às vezes, eu mesmo duvidava. Acertei um pouco. Errei muito. Mas não cansei. Não desanimei. Não desisti. E aprendi demais.
Fernandópolis foi-me uma escola. Parece até estranho dizer isso. Uma cidade ensinar um juiz a trabalhar, a distribuir justiça. Mas foi o que aconteceu comigo. Cidadãos que me paravam nas ruas, nos mercados, na padaria. Que marcavam horário no Fórum para me encontrar. Todos querendo justiça.
Essa sede por algo tão sublime é instigante. Pediam mais rigor na aplicação da lei, atenção a alguns rigores desproporcionais, maior participação nos assuntos da comunidade, além da apresentação de dramas humanos, alguns, terríveis, chocantes, para que ajudássemos a resolver.
O leitor talvez possa imaginar o quanto esse cenário torna-se um aprendizado. Pois meus atendimentos ao público eram numerosos, fora os processos e as audiências normais do dia-a-dia. E as demandas, como disse, sempre foram por justiça. Nada mais, nada menos. Nenhum pedido indecoroso, imoral ou vexatório. Por isso que eu digo e repito: Fernandópolis me ensinou que um juiz deve, primeiramente, ouvir quem o procura, qualquer pessoa, indiferentemente.
Também, sou franco e direto, arrumei tempo para aqueles que me procuraram. Dei um jeito. Claro que cometi falhas, quando, por exemplo, em alguns casos me excedi ou fui impaciente, o que hoje até me arrependo. De modo geral, contudo, ouvi, anotei, respondi, decidir, encaminhei e acompanhei aquilo que não era da minha alçada, visitei lugares e entrevistei pessoas em suas casas, acamadas, enfermas, idosos e crianças com dificuldades físicas e mentais. Adultos e menores dependentes de drogas. Repito: Fernandópolis me fez ser um juiz "da rua", ou seja, ou um juiz que trabalhou muito, podemos dizer assim, fora do Fórum. E por ter contato com tantas pessoas e tantos casos, aprendi que um juiz jamais pode se escandalizar com os problemas a ele apresentados. Muito menos encará-los com preconceitos.
Porém, nada aconteceria se não houvesse o engajamento de autoridades e dos cidadãos em geral. Aqui isso sempre foi abundante. Nunca me disseram não. Ao contrário, sempre tive a companhia de autoridades, associações e cidadãos nesse trabalho "de rua". Fernandópolis me ensinou que a população que pede justiça também se alista para ajudar a fazer justiça, que é uma obra coletiva mesmo.
Chego ao final da minha jornada profissional nesta cidade com lições que marcaram minha vida. E uma delas, talvez a definitiva, é a de que a justiça é um parente muito próximo do amor. Hoje, confesso que não diferencio mais justiça e amor, que me ficaram quase que como sinônimos.
Por isso, meus queridos concidadãos fernandopolenses, eu agradeço muito a todos vocês, que me ensinaram, por meio da justiça, a amar o meu semelhante, de um jeito diferente, que foi me dedicar aos mais necessitados, aos carentes, aos que tinham um fio de esperança em suas vidas, e esse fio, muitas vezes, era a justiça. Aprendi ainda que a esperança tem em sua base o amor, pois aquele que nutre a esperança acredita que o amor virá ao seu encontro, ainda que como uma gota suave em sua dolorida ferida. E quem experimenta ou tem contato com esse tipo de amor, meus amigos, nunca mais é o mesmo.
Despeço-me, portanto, de um amor, com lágrimas nos olhos. Que o bondoso Deus devolva a esta cidade um manto sagrado de bênçãos. É o pedido que faço, diante do grande presente que aqui me deram. Um abraço no coração de cada um de vocês.
- Evandro Pelarin -

Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!Mil vezes pelo seu trabalho e pelo sua postura, é uma pena que juiz como o senhor é a minoria.
Continue assim, ão deixe que o poder da magistratura tire esses sentimentos maravilhosos que aprendeu.

Se me permite, deixo um grande abraço.

Sueli Rosa
 
Sueli Rosa em 12/07/2015 15:55:59
Caro Evandro....li e reli seu texto. Ele poderia ser usado pela magistratura para servir de manual aos magistrados iniciantes. E quanto a você, tem uma vantagem: a questão de berço. Bem nascido e criado. Parabéns e continue sem estrelismo no cargo como um simples mortal.
 
manoel afonso em 28/02/2015 07:43:39
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Outubro de 2019
11:00
Paranaíba, Aparecida do Taboado, Cassilândia e Chapadão do Sul
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Domingo, 20 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Sábado, 19 de Outubro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)