Cassilândia, Sábado, 19 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

11/08/2017 10:20

EUA e Coreia do Sul acertam diálogo antes de atitude contra Coreia do Norte

Agência Brasil

Os principais assessores da Coreia do Sul e dos Estados Unidos (EUA) na área de segurança concordaram nesta sexta-feira (11) em dialogar antes de tomar qualquer atitude em relação à crise atual com a Coreia do Norte. A decisão é para que Washington consulte Seul antes de um eventual ataque preventivo. A informação é da Agência EFE.

Em conversa telefônica de cerca de 40 minutos, Chung Eui-yong e H.R. McMaster trataram "das atuais condições de segurança na Península [Coreana], geradas pelas provocações da Coreia do Norte e a escalada de tensão, bem como de maneiras para enfrentar essas ameaças", afirmou o escritório presidencial sul-coreano em comunicado.

"As duas partes reiteraram seu compromisso de cooperar de maneira estreita e transparente sobre os passos a serem dados em cada momento, para garantir a segurança da Coreia do Sul e dos Estados Unidos e de suas respectivas populações", acrescentou o texto. 

A Coreia do Norte e os Estados Unidos tiveram na última semana uma escalada de tensão na troca de ameaças. O presidente americano Donald Trump disse, na terça-feira (8), que a Coreia do Norte "vai se deparar com fúria e fogo jamais vistos no mundo" se não deixar de ameaçar o seu país, após as últimas sanções impostas pela Organização das Nações Unidas (ONU) ao regime norte-coreano como punição pelos lançamentos de mísseis.

O regime de Kim Jong-un respondeu, dando detalhes de um plano para bombardear a ilha de Guam, em cujas bases americanas estão estacionados os bombardeiros estratégicos que o Pentágono envia regularmente à Península Coreana e que, na última terça-feira, voltaram a voar próximo da Coreia do Norte.

Na sequência, Trump disse na quarta-feira que se Kim Jong-un ordenasse um ataque contra a ilha de Guam, teria como resposta "uma ação jamais vista por alguém na Coreia do Norte".

Os testes contínuos de armas feitos pelo governo norte-coreano desde o início do ano aumentaram a tensão na península. Os Estados Unidos endureceram suas respostas, com o governo Trump insinuando em várias ocasiões a possibilidade de fazer um ataque preventivo contra o regime comunista.

Essa última possibilidade preocupa a Coreia do Sul e o Japão, onde uma resposta da Coreia do Norte a um ataque poderia custar muitas vidas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 19 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)