Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/09/2010 17:54

ETH cancela usina em Paranaíba e frustra produtores

Marcio Breda, Campo Grande News

O projeto de construção da usina de açúcar e etanol da ETH Bioenergia em Paranaíba deve ser cancelado nos próximos dias. Apesar de não se pronunciar oficialmente, a empresa iniciou no mês passado o processo de devolução de terras arrendadas para o plantio de cana. Ao todo são 12 mil hectares que seriam usados para o cultivo, dos quais 4 mil hectares já foram devolvidos.

De acordo com reportagem da Rádio Liberdade FM de Paranaíba, vários produtores deixaram a pecuária e desmontaram suas propriedades para aderirem ao plantio da cana de açúcar. Transtornados, os proprietários das terras arrendadas alegam enormes prejuízos.

No local onde seria construída a usina não há sinal de trabalho e o terreno ainda não recebeu terraplanagem. Na semana passada, segundo a Rádio Liberdade, um delegado da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) visitou a cidade para vistoriar a execução do projeto, mas constatou que as obras estruturais que deveriam estar em andamento nem começaram.

Nos próximos dias a prefeitura de Paranaíba deve notificar a ETH Bioenergia solicitando a devolução do terreno seria implantada uma das duas usinas em projeto. O objetivo é iniciar a busca por novos interessados em investir no ramo de açúcar e etanol na cidade.

Paranaíba possui cerca de 550 mil hectares de terras e nenhuma usina implantada. Desse total, existem 10 mil hectares plantados e outros 10 mil já estão arrendados para a plantação.

Unidades no Estado - No estado do Mato Grosso do Sul, a ETH possui duas unidades industriais: Unidade Eldorado, localizada em Rio Brilhante e a Unidade Santa Luzia, implantada em Nova Alvorada do Sul.

Na safra 2008/09, a Unidade Eldorado, adquirida pela ETH em 2008, moeu 1,9 milhões de toneladas e produziu 120 milhões de litros de etanol e 73 mil toneladas de açúcar. Na safra 2009/10, a moagem deve atingir 2,2 milhões de toneladas de cana e resultará em 130 milhões de litros de etanol e em 86 mil toneladas de açúcar.

A Unidade Santa Luzia, implantada em 2009, tem capacidade máxima de moagem de 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Na safra 2009/10, a meta da unidade é produzir 62 milhões de litros de etanol. (Com reportagem de Reinaldo Gaspar, da Rádio Liberdade FM).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)