Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/01/2016 07:30

Estudo vai infectar cérebros com zika vírus para entender mais sobre doença

Midiamax

 

Com o aumento de casos de microcefalia associados ao zika vírus e a carência de informações na literatura médica sobre o tema, a Fiocruz e o Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino fizeram uma parceria para uma pesquisa que vai estudar mais sobre o tema. Os cientistas vão infectar minicérebros cultivados in vitro por meio de células-tronco para descobrir como o zika vírus causa a malformação.

A Fiocruz vai fornecer amostras do zika vírus para que pesquisadores do laboratório do Instituto D'Or possam prosseguir com a pesquisa.

Segundo o jornal, três minicérebros de dois milímetros já estão prontos para serem infectados. Eles foram cultivados in vitro a partir de células-tronco. A produção de um minicérebro demora cerca de três meses.

De acordo com a Fapesp, os cientistas pretendem avaliar se o vírus prejudica o crescimento das células, a produção de proteína e a formação de conexões entre os neurônios.

Prevenção ainda é o melhor remédio

Prevenir-se contra a picada do Aedes aegypti ainda é a forma mais eficaz para não sofrer maiores consequências. Usar repelentes de inseto, combater a proliferação do mosquito e continuar se prevenindo contra picadas mesmo se estiver doente, seja com dengue, zika vírus ou chikungunya evita a transmissão do vírus para a comunidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)