Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

09/03/2009 10:02

Estudo revela cota extra para deputados estaduais

Aline dos Santos, Campo Grande News

A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul oferece cota máxima mensal de R$ 25 mil para gastos de cada um dos 24 deputados estaduais. A cota custeia gastos com o gabinete e exercício do mandato. Os pagamentos são feitos diretamente pela Assembléia.

O dado consta em um levantamento divulgado hoje pelo jornal Folha de São Paulo, que mostra os Estados onde os deputados têm direito a uma cota de gastos que ultrapassa o valor da verba indenizatória da Câmara dos Deputados, que é de R$ 15 mil mensais.

Alagoas é o Estado com o valor mais alto. Cada um dos deputados pode gastar até R$ 39 mil por mês com despesas de custeio: combustível, telefone, transportes, divulgação e escritórios políticos. Em Santa Catarina, a verba é de R$ 38 mil. A seguir, vêm Paraná (R$ 27 mil), Minas Gerais (R$ 20 mil) e São Paulo (R$ 19,8 mil). Mato Grosso do Sul não figura neste ranking porque não utiliza o sistema de verba indenizatória.

O levantamento mostra que Espírito Santo é uma dos que mais limitam os gastos dos deputados estaduais. A cota por deputado é de até R$ 7.800 por mês. No valor estão incluídos gastos com diárias, passagens, combustível, celular e correio.

No quesito transparência, apenas cinco Casas publicam nos sites o gasto mensal de cada deputado: São Paulo, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Bahia. Nenhuma Assembléia Legislativa divulga notas ou nome dos fornecedores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)