Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2011 07:19

Estudo liga uso da maconha a câncer de testículos

Agência do Rádio

O uso frequente ou em longo prazo de maconha pode dobrar os riscos de um usuário desenvolver câncer de testículo em comparação com os homens que nunca fumaram maconha. É o que aponta um estudo do Icesp, Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, que fez um levantamento entre pacientes com câncer no testículo. A pesquisa descobriu que um quarto deles usa ou usava maconha com regularidade. O câncer de testículo corresponde a 5% dos casos de tumores malignos entre os homens, segundo o Instituto, e afeta entre três a cinco indivíduos a cada 100 mil no País. O urologista do Icesp, Daniel Abe, explica o procedimento do tratamento da doença que em geral, envolve a retirada do testículo.


\"O tratamento do câncer de testículo é a realização da orquiectomia que é a retirada deste testículo comprometido, geralmente é unilateral, então a gente faz a retirada de um dos testículos, sendo que o outro testículo estando normal, o paciente tem uma vida normal, tanto na produção de testosterona, em relação à parte sexual e em relação à parte de fertilidade.\"
Esse tipo de câncer acontece com maior frequência em jovens entre 17 e 35 anos e, se for tratado rapidamente, tem alta chance de cura. Para prevenir esse tipo de doença, o chefe da Urologia do INCA, Instituto Nacional de Câncer, Franz Campos, ensina a fazer o autoexame.


\"Examinar o testículo é muito fácil, porque é um órgão externo o que o normalmente a pessoa sente é um nódulo, um caroço. O testículo é um órgão que é uma esfera e não deve ter nenhum tipo de caroço. Importante durante o banho o paciente apalpar e se sentir um caroço procurar imediatamente um serviço de saúde, especificamente um urologista.\"
: O chefe da Urologia do INCA reforça a importância de o homem estar sempre atento à própria saúde já que as chances de cura são maiores se a doença for descoberta cedo.

Reportagem, Alexandre Penido


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)