Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

10/08/2017 18:00

Estudo demonstra como 'ataque' do sistema imune leva ao aborto espontâneo

EPharma Notícias

Em estudo em ratos, pesquisadores do Hospital Saint Michael, no Canadá, demonstraram como células do sistema imune podem impedir o crescimento do feto no útero ou causar um aborto espontâneo.

A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (9) na “Nature Comunnications” e tem como objetivo evitar que mulheres sofram de trombocitopenia neonatal, condição em que o sistema de defesa da mãe enxerga o feto como uma “ameaça” e envia anticorpos para destruir as células fetais.

Essa resposta imune ocorre normalmente, mas, em alguns casos, ela é mais agressiva. O que os pesquisadores descobriram é que, em ratos, o ataque permanece ao longo da gravidez nas cobaias que vão ter problemas com o feto mais à frente.

Outro achado é que o sistema imune dos ratos também ativou anticorpos que têm por alvo células responsáveis pelo desenvolvimento e crescimento da placenta: os trofoblastos.

Esse “ataque imunológico” pode deformar a placenta e interromper o envio de nutrientes para o feto, o que limita o crescimento do bebê no útero e aumenta a probabilidade de aborto espontâneo.

O pesquisador Heyu Ni, autor do estudo e cientista do Hospital Saint Michael, diz que o achado poderá ajudar a evitar os efeitos devastadores da condição.

"Acreditamos que estamos mais próximos de mecanismos capazes de identificar esses casos mais cedo", disse o pesquisador.

No laboratório, os pesquisadores também testaram drogas que poderiam prevenir o ataque do sistema imune ao feto.

Uma opção testada é um tipo de ‘outro anticorpo’ construído para atacar a célula de defesa da mãe enviada para destruir a placenta.

A construção da estrutura foi feita a partir do plasma sanguíneo de mais de 1.000 doadores saudáveis. Pesquisadores também observaram que a terapia conseguiu diminuir os anticorpos anti-fetais maternos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Agosto de 2017
21:03
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)