Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/10/2011 15:44

Estudo aponta necessidade da Previdência rever aposentadoria por tempo de contribuição

Lourenço Canuto, Campo Grande News

Brasília – Estudo divulgado hoje (25) pelo Ministério da Previdência Social aponta para a necessidade de \"ajustes\" na modalidade de concessão de aposentadoria por tempo de contribuição \"para garantir a sustentabilidade do sistema\" em favor das gerações futuras. Atualmente, são exigidos 35 anos de contribuição para o homem e 30 anos, para a mulher.

De acordo com o estudo, o tempo de contribuição médio de 32,5 anos permite a aposentadoria proporcional para pessoas que \"poderiam ficar muito tempo ainda no mercado de trabalho\". No ano passado, foram concedidas no país 276 mil aposentadorias por tempo de contribuição, com a média de 54 anos de idade para os homens e de 51 anos de idade para as mulheres. Levando em conta a atual expectativa de vida da população, esses benefícios deverão ser concedidos por períodos entre 23 a 30 anos.

O estudo divulgado pela Previdência Social é assinado pelo diretor do Departamento do Regime Geral de Previdência Social, Rogério Nagamine Constanzi. Ele considera que o fator previdenciário, usado atualmente para calcular o benefício, \"deveria servir de incentivo para postergar a aposentadoria, mas, na prática, tem sido mais eficaz para reduzir o valor dos benefícios previdenciários. A pessoa se aposenta, mas continua trabalhando em outra atividade, à exceção dos benefícios concedidos a pessoas que se tornaram incapazes\".

Em julho do ano passado, 923.561 aposentados tinham vínculo empregatício, sendo que 803.428 deles eram registrados como contribuintes individuais da Previdência Social. Ou seja, 120 mil aposentados tinham mais de um vínculo relativo a trabalho.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), havia, em 2009, 18,5 milhões de aposentados, entre os quais 5,4 milhões estavam ocupados, a maioria no setor informal. A Pnad é feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)