Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/03/2009 21:31

Estudantes não foram ouvidos sobre novo vestibular

Amanda Cieglinski , ABr

Brasília - Na avaliação do presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Ismael Cardoso, a mudança nos vestibulares das universidade federais, proposta pelo Ministério da Educação (MEC), ainda é tímida.

Ele afirma que os estudantes não foram ouvidos durante o processo de construção do modelo unificado de vestibular que o ministério quer implementar.

“O novo modelo avança em algumas coisas, mas é característico de uma proposta construída só por docentes. O ministério não ouviu os estudantes. Eu pergunto como um estudante do Ceará , por exemplo, que alcança uma média para estudar em universidade do Paraná, vai se sustentar em um estado que não é a realidade dele, longe da família. É uma proposta que não democratiza a universidade pública”, critica Cardoso.

O MEC quer unificar os vestibulares das universidades federais. A idéia é criar um novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que funcionaria como forma de seleção para essas instituições.

A Ubes defende que o histórico escolar do estudante seja utilizado como critério de seleção para ingresso em instituições de nível superior.

Cardoso acredita que seria prematuro aprovar um novo modelo ainda em 2009, como defende o ministro da Educação, Fernando Haddad.


“O ministro diz que tem discutido com a sociedade, mas só conversou com os docentes. Essa mudança vai afetar diretamente a realidade do aluno e ele precisa ser ouvido. Falta debate. A pressa não resolve esse problema”, defende.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)