Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

07/02/2007 13:15

Estudantes acertam apenas 36% da prova objetiva do Enem

Irene Lôbo/ABr

Brasília - Se o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fosse uma prova escolar qualquer, os participantes de 2006 estariam reprovados na parte objetiva e passariam com a nota mínima na prova de redação. Na parte objetiva, os alunos que fizeram a prova do ano passado receberam nota média de 36,90 pontos, numa escala de zero a 100. Na parte de redação, a nota média foi de 52,08.

Em relação aos dois últimos anos, a nota do Enem na parte objetiva caiu muito. Em 2005, eles alcançaram 67 pontos na parte objetiva, e em 2004, 61 pontos.

Este ano, a média dos alunos egressos de escolas públicas foi inferior à dos que saíram de escolas particulares. Os de escola pública obtiveram média de 34,94 na prova objetiva e 51,23 na de redação. Os de escolas particulares obtiveram média de 50,57 na parte objetiva e 59,77 na redação.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou recorde de participação em 2006: cerca de 2,7 milhões de estudantes fizeram a prova, de um total de 3,7 milhões de inscritos. O percentual dos inscritos que efetivamente compareceram à prova foi o mais alto desde 1998, quando o exame foi implantado: 74,89% do total. A prova foi realizada no dia 27 de agosto do ano passado.

Fizeram o exame os alunos que concluíram o ensino médio no ano passado e também os egressos, ou seja, os que já haviam concluído o ensino médio em anos anteriores. A prova do Enem é um dos critérios que permitem a estudantes de baixa renda se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo integrais e parciais em instituições de ensino superior privadas. A nota mínima que deve ser alcançada no Enem para conseguir uma bolsa no ProUni este ano é 45 pontos.

Segundo o MEC, 565 instituições de ensino superior em todo o país, entre as quais 62 públicas, aceitam as notas do Enem como critério para o ingresso num curso de graduação. O Enem foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino médio em todo o país. A prova não é obrigatória e é aplicada, uma vez por ano, aos alunos que concluem essa fase da vida escolar.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (7), em Brasília, os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), do Censo Escolar da Educação Básica e do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb).


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 29 de Março de 2017
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)