Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/03/2005 10:14

Estiagem faz prefeitos de MS pedirem ajuda à União

Josy Macedo / Campo Grande News

A estiagem atinge ao menos sete municípios de Mato Grosso do Sul, que já decretaram, inclusive, estado de emergência por conta das perdas na safra deste ano. Diante dos prejuízos, os prefeitos do Estado, estão pedindo ajuda ao governo federal, assim como fizeram os administradores de cidades do Sul do País. A informação é da vice-presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Mara Caseiro. A prefeita explica que os recursos para o Sul do Brasil já foram autorizados, uma vez que o problema na região é mais antigo e foi alardeado anteriormente pelos prefeitos à União. Lá a estiagem causou perdas de R$ 6 bilhões para agricultores, segundo estimativas do governo, que anunciou plano emergencial para destinar, neste ano, R$ 300 milhões à região. A mobilização dos prefeitos de MS para conseguir a liberação de verbas também já começou. Eldorado, cidade distante 435 quilômetros de Campo Grande, vai enviar na segunda-feira um relatório aos Ministérios da Agricultura e da Integração Nacional. “Pelos nossos cálculos as perdas na safra aqui são de 52%”, contabiliza a prefeita de Eldorado, Mara Caseiro. No ano passado, 15 cidades sul-mato-grossenses receberam a bolsa estiagem. O benefício foi concedido aos agricultores familiares que sofreram perdas de pelo menos 50% na safra 2003/2004 nas culturas de soja, milho, feijão, algodão, arroz, mandioca e banana. O governo liberou R$ 549,6 mil aos produtores do Estado. Dourados, a 221 quilômetros de Campo Grande, que tem a maior concentração da produção de soja e milho, ficou, à época, com 21,45% dos recursos destinados a Mato Grosso do Sul, que corresponderam a R$ 117,9 mil. Entre as cidades que decretaram estado de emergência nos últimos dias por conta da seca estão Ponta Porã, Dourados, Eldorado, Paranhos, Caarapó, Amambaí e Maracaju.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)