Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

29/08/2020 06:20

Estiagem continua até setembro; problema de saúde pode ser confundido com Covid

Sintomas ocasionados pelo tempo seco podem parecer com os do coronavírus

Midiamax
Estiagem continua até setembro; problema de saúde pode ser confundido com Covid

Após um breve período de chuva, o Estado de Mato Grosso do Sul enfrentará um novo período de estiagem rigoroso, com temperaturas que podem chegar até 41ºC , o que pode levar ao risco de incêndios florestais e a própria a saúde. Uma das preocupações é que problemas de saúde ocasionados pelo tempo seco podem ser confundidos com sintomas do coronavírus.

O alerta foi divulgado na página oficial do Governo do Estado, em live no Facebook, na manhã desta sexta-feira (28). Conforme a coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), Franciane Rodrigues, o Estado já havia enfrentado um longo período sem chuva, com temperaturas baixas. Agora, teremos um novo período de estiagem, com temperaturas que podem chegar a 41ºC. Com expectativa de chuva somente para o dia para o dia 13 de setembro.

“É uma condição muita crítica que contribui para baixa umidade do ar, que pode ficar abaixo dos 12%, existe um grande risco de incêndios florestais e riscos à saúde. “Cassilândia já sentiu a umidade baixa, quando registrou esta semana 8% de umidade relativa do ar, um sinal de perigo” explicou a coordenadora do Cemtec.

Ainda conforme ela, até o dia 13 de setembro Mato Grosso do Sul está em sinal laranja, o que representa um sinal de perigo, nos próximos dias a umidade relativa do ar deve oscilar entre 12% e 20% até a chegada de chuva, prevista para o dia 13 de Setembro. Essa data representa o início da primavera e existe a possibilidade das chuvas chegarem só no mês de outubro, mas é um fenômeno raro que aconteceu em 2014 e 2017.

O Corpo de Bombeiros Militar também participou da live e alertou a população. Conforme a instituição, é recomendado que as pessoas se hidratem, busquem tomar água com frequência e umidifiquem o ambiente.

O secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, fez um pedido para que as pessoas redobrem a atenção e os cuidados. “Alguns sintomas podem parecer com os da Covid-19, ocasionados pelo tempo seco, gerando problemas da saúde que podem ser confundidos com o coronavírus” disse ele.

Ele também ressaltou a importância da conscientização popular para evitar as queimadas. “As pessoas geralmente incendeiam terreno, o que problematiza ainda mais o que está ruim, não coloquem fogo em lixo, não coloquem fogo em nada” pontuou o secretário.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Outubro de 2020
Domingo, 25 de Outubro de 2020
Sábado, 24 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)