Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

22/06/2015 16:00

Estereótipos fazem meninas ingressarem no esporte mais tarde, diz pesquisadora

Vinícius Lisboa, Agência Brasil

 

Estereótipos sobre o comportamento feminino são entraves à prática esportiva de meninas, avaliou a diretora do Departamento de Planejamento e Gestão Estratégica do Ministério do Esporte, Cássia Damiani. Ela chefiou a pesquisa Diagnóstico Nacional do Esporte, divulgada hoje (22) no Rio de Janeiro. Os dados mostram que as meninas ingressam no esporte mais tarde e que as mulheres praticam mais atividades físicas que esportes.

Segundo a pesquisa, 41,6% dos homens começam a praticar esporte entre os 6 e os 10 anos, enquanto, no sexo feminino, o percentual cai para 29,7%. Os meninos superam as meninas na faixa etária anterior, até 5 anos: 7,1% dos que praticam começaram nessa idade, quando, entre as meninas, a fatia é de 6%.

Dos 11 aos 14 anos, meninos e meninas têm percentuais parecidos, de 31,3% e 31,5%, e as faixas etárias seguintes têm percentuais maiores para as mulheres, o que, segundo Cassia, mostra que elas começam mais tarde no esporte.

A pesquisa mostra que 50,4% das mulheres são sedentárias, índice 9 pontos percentuais maior do que o dos homens (41,2%). Elas, no entanto, declararam praticar mais atividades físicas que esportes, enquanto os homens afirmaram o contrário. A diferença entre os homens e as mulheres esportistas é de mais de 20 pontos percentuais, com 35,9% contra 15,6%.

O esporte mais praticado pelos homens é o futebol, com 66,2%, e o preferido das mulheres é o voleibol, com 20,5%. Cassia Damiani disse que as mulheres experimentaram um crescimento grande na prática de futebol, chegando a 19,2%, principalmente se for considerado que, até 1979, a prática não era permitida por lei para elas, por ser considerada “incompatível com a natureza feminina”. "Isso prejudicou muito. É da prática que se forja a continuidade, o aprendizado e a maturidade."

No alto rendimento, a prática esportiva é igual entre homens e mulheres: 0,7% de ambos os sexos declararam ter participado de competições nacionais ou internacionais de algum esporte. Nas outras categorias, considerando competições estaduais, municipais e torneios informais, as mulheres ficam atrás.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)