Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/12/2005 06:30

Estágio obrigatório em Medicina poderá ser remunerado

Agência Câmara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6113/05, do deputado Lincoln Portela (PL-MG), que determina o pagamento de um salário mínimo aos estudantes de Medicina durante a realização do estágio obrigatório. Se o projeto for aprovado pelo Congresso Nacional, o pagamento do estágio será custeado pela respectiva faculdade.
Para o autor da proposta, "os estudantes de Medicina estagiários atuam como se fossem médicos formados, submetidos, na maioria das vezes, a jornadas de trabalho extenuantes". O deputado destacou que a Resolução 4/01, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina e prevê que a carga horária mínima do estágio curricular seja de 35% da carga horária total do curso de graduação em Medicina.

Exploração
Portela ressaltou ainda a importância do estágio na formação dos novos médicos, pois "um ensino de qualidade deve aliar a teoria à prática", argumentou. Segundo o parlamentar, apesar do estágio não poder ser confundido com um vínculo empregatício, não é possível concordar "com a exploração a que esses futuros médicos são submetidos, já que, apesar de prestarem serviços como médicos formados, não recebem, em sua grande maioria, nenhuma ajuda de custo para desenvolverem essas atividades".

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família (onde está no momento); de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Reportagem - Cristiane Bernardes
Edição - Rodrigo Bittar

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)