Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/07/2015 16:23

Estado tem 69,8 mil servidores e mulheres são maioria do pessoal da ativa

Midiamax

O governo de Mato Grosso do Sul tem mais servidores públicos mulheres do que homens e, atualmente, procura por 541 funcionários ‘desaparecidos’. Estes são alguns dos detalhes apontados em recadastramento iniciado pela atual gestão, em janeiro deste ano, feito inicialmente para identificar desvios de função, mas que traz também um perfil do funcionalismo.

 

Segundo a Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização, a atual estrutura de governo tem 69.850 servidores. Destes, 48.137 são ativos e 21.713 inativos.

Dos ativos, 35.940 são efetivos e 10.168 convocados. Sobram 2.029, que seriam os comissionados.

Ainda entre os 48,1 mil servidores da ativa, 27.261, ou 56,6%, são mulheres, e 20.876 são homens. A maioria está na faixa etária entre 30 e 45 anos.

O levantamento da SAD também apurou que 17.229 servidores têm nível superior; 4.591 superior incompleto; 12.868 pós-graduados; 401 com doutorado e 64 com pós-doutorado. Constam ainda 19 semianalfabetos, “que estão recebendo instrução”, segundo o chefe da pasta, Carlos Alberto de Assis.

‘Desaparecidos’
Pelos números da SAD, há 541 servidores que não passaram pelo processo de recadastramento, aberto no começo do ano, quando começou também o atual governo. Assis diz que estes casos estão sendo apurados e, conforme o resultado, esse pessoal terá os salários cortados: “pode ser que já tenham falecido ou estejam perto de se aposentar e não se importaram em se recadastrar”, exemplifica.

Neste grupo de 541 ‘sumidos’, 447 são lotados na Secretaria de Estado de Educação, 32 na Fundação Estadual de Saúde e 16 na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

O recadastramento do governo foi lançado no dia 14 de janeiro, abrangendo todo o funcionalismo estadual. Procurava, entre outras coisas, achar pessoal no chamado ‘desvio de função’ passível de reassumir seus cargos originais.

Meritocracia
Na avaliação do secretário estadual de Administração, os servidores de Mato Grosso do Sul “estão contentes com o trabalho”. “Antes de pensar em reajuste salarial, estão preocupados em ter boas condições de trabalho e serem inseridos no governo”, analisa Assis.

Por isso, justifica, o recadastramento é uma das etapas para implantar um sistema de meritocracia na gestão de pessoal do governo. O secretário também cita já estarem sendo implantadas práticas de incentivo ao lazer e que “os servidores vão continuar sendo ouvidos” pela administração.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)