Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/02/2007 13:59

Estado registra mil novos casos de suspeita de dengue

Mato Grosso do Sul registra mais mil novos casos de suspeita de pessoas com dengue, saltando de 14,3 mil para 15,3 mil nesta sexta-feira, conforme os dados da Secretaria Estadual de Saúde, divulgados nesta tarde. De acordo com o relatório, Campo Grande mantém a liderança no ranking com 10,9 mil casos da doença, seguido de Aquidauana (930 casos), Coxim (672), Dourados (437), Anastácio (360), Jardim (312), Miranda (250), Rio Verde de Mato Grosso (194) e Três Lagoas (204).

Ontem à noite, Paulo Vitor Negrão Loureiro, de 12 anos, morreu com suspeita de dengue hemorrágica. Ele estava internado no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora de Três Lagoas e foi encaminhado para o HR (Hospital Regional Rosa Pedrossian) em Campo Grande, mas morreu antes de dar entrada ao hospital. Caso seja confirmada que a causa da morte como dengue hemorrágica, Loureiro será a terceira vítima da doença apenas neste ano no Estado. A forma mais agressiva da doença já fez 20 vítimas em Campo Grande neste ano.

O ministro da Saúde, Agenor Álvares, que esteve na Capital ontem pela manhã, disse que a situação de casos de dengue no Estado é a mais grave do País. Em Campo Grande, a Prefeitura tem realizado um mutirão, passando nas residências e terrenos baldios para combater locais que possam acumular água e contribuir para proliferação do mosquito Aedes Aegypt, transmissor da doença.

Na terça-feira, duas floriculturas de Campo Grande foram interditadas pela Vigilância Sanitária por ter sido encontrado larvas do mosquito Aedes Aegypt, sendo multadas em R$ 14,4 mil.



Gilmar Hernandes / Midiamax News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)