Cassilândia, Quinta-feira, 18 de Julho de 2019

Últimas Notícias

13/06/2019 18:00

Estado recebeu 14% mais turistas em 2018 e “vizinhos” foram maioria

Campo Grande News

Mato Grosso do Sul está na lista de 11 Estados brasileiros que, em 2018, registraram aumento no número de turistas internacionais recebidos, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (13) pelo Ministério do Turismo, no Anuário Estatístico de 2019. Os dados revelam, ainda, que a grande maioria de visitantes ao Estado está a poucos quilômetros da fronteira, vindos da Bolívia e do Paraguai, respectivamente primeiro e segundo colocados na relação.

Conforme o anuário, em 2018, foram 91.518 turistas chegando no Estado, frente a 80.270 no ano anterior –uma diferença superior a 11 mil. Os dados estratificados do Ministério ainda apontam que a América do Sul é a principal origem dos visitantes ao Estado: 87.582 deles entraram no Estado vindo de algum país do continente.

A maioria chegou ao Estado pela Bolívia (55.569, frente a 48,8 mil em 2017). O vizinho Paraguai aparece em segundo lugar, com 26.795 turistas (foram 24.588 no período anterior). Os dois países, sozinhos, representam 89,99% do universo de turistas.

A terceira e a quarta posição também foi ocupada por visitantes sul-americanos, vindos do Peru (2.027) e Argentina (1.548). Nesses dois casos, houve um avanço considerável no total de turistas, já que em 2017 foram 1.211 peruanos e 1.031 argentinos visitando os atrativos sul-mato-grossenses.

Visitantes de outras partes do mundo só começam a ser identificados a partir da quinta posição que, ainda assim, tem origem latina: foram 1.041 mexicanos a chegar ao Estado no ano passado, contra 621 em 2017.

As cinco nações foram as únicas a enviar turistas ao Estado na casa dos milhares. A lista de dez principais origens de visitantes ainda inclui Colômbia (679) e Chile (450), antes de surgirem países não-americanos: França (407) e Alemanha (356) são, respectivamente, o oitavo e nono na lista, encerrada com o Equador (277).

No outro extremo, alguns países foram representados no Estado com apenas um visitante, casos da Nigéria, Tunísia, Nicarágua, Guiana, Paquistão, Estônia, Grécia e Luxemburgo. Vieram, ainda, dois turistas de Angola, Malásia e Croácia; e três de El Salvador, Panamá, Bangladesh, Bulgária e Eslováquia.

O balanço aponta que 87.582 turistas eram sul-americanos; 1.981 europeus; 1.289 da América do Norte; 418 da Ásia; 186 da América Central e do Caribe; 76 da Oceania; e 36 da África.

Período e chegada – A alta temporada de turistas no Estado se dá entre os meses de dezembro e janeiro, conforme o anuário, que coloca estes meses como os de maior frequência de visitantes. Foram 12.573 em janeiro e 13.319 em dezembro do ano passado. Em 2017, foram respectivamente 11.943 e 11.840.

Em fevereiro os registros indicam 7.550 chegadas (6.886 em 2017), e 7.277 em março (5.060 no período anterior). Também foram registradas altas frequências entre julho e agosto, com 7.417 e 7.707 turistas nesses meses.

Embora haja no país uma preocupação com a interligação aérea, a via terrestre, majoritariamente, a principal forma de se chegar a Mato Grosso do Sul, sendo usada por 99,6% do turistas –91.176 no total.

A via aérea foi usada por 308 visitantes (360% a mais que os 67 do ano passado), enquanto 34 turistas chegaram em barcos (frente a 90 em 2017).

Anuário – O Anuário Estatístico 2019 foi elaborado com dados da Polícia Federal, que controla o fluxo de entradas no país. Além de Mato Grosso do Sul, outros 10 Estados registraram aumento na entrada de turistas estrangeiros: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo. No quadro geral, o país teve recebeu 0,5% mais visitantes que em 2017.

Dentro da lista de 17 Estados que integram o Anuário, Mato Grosso do Sul ocupou a nona posição no total de turistas estrangeiros. A liderança isolada foi São Paulo, com 2,25 milhões de visitantes.

O Rio de Janeiro apareceu em segundo lugar em 2018, com 1,29 milhão de visitantes; e o Rio Grande do Sul foi o terceiro, com 1,08 milhão de turistas. Em quarto lugar figurou o Paraná (948,3 mil), com o vizinho Santa Catarina está em quinto (226,3 mil).

Três Estados do Nordeste aparecem nas posições seguintes: Bahia (148,6 mil turistas em 2018), Pernambuco (121,1 mil) e Ceará (107,4 mil). O décimo lugar coube a Minas Gerais (81,8 mil).

Proporcionalmente, os Estados que mais registraram aumento no total de visitantes foram Pernambuco (45,7%), Minas Gerais (44,8%), Ceará (44,1%) e Amapá (31,2%).

O ministro Marcelo Álvaro Antônio destacou o crescimento no volume de turistas fora do eixo Rio-São Paulo, que indica diversificação e qualificação da oferta em outros Estados, bem como uma melhor infraestrutura na região e resultado nas ações de promoção.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 17 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
Terça, 16 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)