Cassilândia, Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

25/08/2020 14:00

Estado não remunerará hospitais que não informarem sobre internações por Covid

Decisão tem base em Portarias da SES e do Ministério da Saúde que determinam a obrigatoriedade da notificação

Governo de MT
Estado não remunerará hospitais que não informarem sobre internações por Covid

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), deixará de repassar valores referentes aos leitos exclusivos para Covid-19 cofinanciados e contratualizados com hospitais que não informarem diariamente o número de hospitalizações realizadas.

A obrigatoriedade da notificação ocorre em âmbito nacional e é determinada pela Portaria Nº 2.181 do Ministério da Saúde, divulgada em 19 de agosto de 2020.

Em Mato Grosso, a atualização diária do número de internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermaria da rede pública e privada já era obrigatória desde o dia 24 de abril deste ano, quando foi publicada a Portaria Nº 141, que institui o IndicaSUS como Sistema de Informação.

“É imprescindível a notificação diária desses dados para a coordenação adequada e efetiva da situação no Estado. Assim podemos fazer gestão epidemiológica dos casos mais agravados da Covid-19 e acompanhar o mais próximo da realidade a situação de cada leito”, explica Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde.

Até esta segunda-feira (24.08), conforme dados do IndicaSUS, há um total de 436 pacientes hospitalizados em UTI. Destes, 305 são pacientes internados em leitos pactuados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Já em leitos de enfermaria, o painel apontou um total de 534 internações, sendo 299 delas em leitos pactuados pela rede pública.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 20 de Outubro de 2020
Segunda, 19 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)