Cassilândia, Domingo, 25 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

12/12/2018 13:00

Estado já economizou R$ 7 milhões com projeto Pintando e Revitalizando

Correio do Estado

 

O projeto Pintando e Revitalizando a Educação, que utiliza detentos do sistema prisional de Mato Grosso do Sul para reformar as escolas estaduais já economizou R$ 7 milhões aos cofres públicos.

A ideia de proporcionar o trabalho aos penitenciários o trabalho enquanto cumprem suas penas já beneficiou a reforma de 10% do total de escolas públicas da Rede Estadual de Ensino de Campo Grande.

Até março do ano que vem a rede hidráulica e elétrica do prédio, além de calçamento, revestimento com cerâmica, colocação de pias, forro de PVC e serviços de serralheria e pintura, em todas as 22 salas de aulas, laboratórios, biblioteca, bloco administrativo e quadra de esportes.da EE Teotônio Vilela, no o bairro Universitário II, devem ser concluídas.

O juiz Albino Coimbra Neto, responsável pelo projeto, ainda estabeleceu o desconto de 10% dos salários de todos os detentos que trabalham no emprego via convênios com o poder público em Campo Grande.

O reeducando Tiago Touro Tomicha, é um dos beneficiados com o trabalho. Há sete meses em regime semiaberto ele vê na oportunidade uma chance de escrever uma nova história de vida.

Designado para trabalhar como pintor, no momento ele ajuda de tudo um pouco nas oito horas diárias dedicadas ao serviço. “Quero tocar minha vida para frente, com meu trabalho e esse é uma chance que estou tendo para mostrar o meu valor, o que eu posso fazer. Pretendo terminar minha pena e aperfeiçoar a cada dia mais no meu ofício de pintor”, afirma.

Para o detento, poder participar do projeto é uma forma de quebrar um pouco do preconceito da sociedade.

“Espero que as pessoas também possam nos ver com outros olhos. Estamos dando o nosso suor para contribuir para o ensino destas crianças, espero que elas tenham um ótimo futuro, e através da educação tenham um futuro longe do crime”, declara.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Agosto de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sexta, 23 de Agosto de 2019
22:52
Loterias
22:51
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)