Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/05/2005 15:52

Estado e MP apertam cerco contra venda de leite caipira

Aline Rocha / Campo Grande News

A velha briga entre produtores de leite in natura e saúde continua. Hoje cedo, fiscais da Vigilância Sanitária do Estado iniciaram uma fiscalização para coibir a comercialização do leite caipira na cidade de Dourados, distante 219 quilômetros de Campo Grande. Segundo o coordenador da vigilância, Márcio César Toledo, as ações seguem na quinta-feira para a cidade de Sidrolândia. Os técnicos montarão barreiras nas saídas dos municípios fiscalizados.
Os trabalhos acontecem após pedido do Ministério Público, em reunião realizada no último dia 18 de abril em Dourados. “Vamos verificar principalmente os pontos críticos do Estado, que são Dourados Sidrolândia e Fátima do Sul, mas todos os municípios serão fiscalizados”, afirma.
De acordo com o coordenador, Campo Grande ainda não entrou no cronograma porque depende de determinação da procuradora de justiça Marigô Bittar. Segundo Toledo, a Marigô entendeu que seria preciso a entrada da vigilância estadual nas fiscalizações. O produto irregular de qualidade que for apreendido será destinado ao laticínio, se for ruim será desprezado.
Conforme Toledo, quem for pego comercializando leite in natura perderá o produto e ainda terá que comparecer ao MP das cidades. Ainda não há valor estipulado para multa contra o comércio ilegal do produto. Fiscais do Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e da Vigilância Sanitária dos municípios que entrarem na programação de fiscalização também participarão das ações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)