Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/06/2004 08:51

Está faltando sangue, inclusive em MS

Agência Saúde

O Ministério da Saúde inicia neste sábado (12/06) uma campanha de âmbito nacional para sensibilizar a população sobre a importância da doação de sangue. Durante quinze dias, serão veiculadas peças publicitárias em TVs e rádios. Haverá também anúncios em outdoors nas principais cidades do país e distribuição de panfletos. Todas as peças publicitárias trarão exclusivamente mensagens de utilidade pública, reforçando a importância do gesto de doar.

A campanha, orçada em cerca de R$ 4,5 milhões, é a primeira das duas programadas pelo ministério para 2004. A próxima deverá acontecer no fim do ano, de acordo com cronograma definido em 2003. O objetivo principal das campanhas é ampliar o número de doadores no país.

Hoje, cerca 1,7% dos brasileiros doa sangue. Esse percentual atende às necessidades do país, mas o ideal é 3%, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Levantamento feito pela Coordenação da Política Nacional de Sangue do Ministério da Saúde constatou que nos últimos meses houve redução média de 15% nos estoques de sangue em 12 dos 27 estados brasileiros.

Essa queda pode estar associada a um conjunto amplo de fatores, inclusive a percepções distorcidas, por parte da população, sobre uma possível relação entre a Operação Vampiro e a doação de sangue.

A importação de hemoderivados, no entanto, não tem nenhuma relação com o sangue doado no Brasil, que sempre foi e continuará sendo utilizado nos hospitais brasileiros para atender aos pacientes que precisam de transfusões. Em Campo Grande também está faltando sangue, principalmente, o RH negativo, que é mais raro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)