Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/03/2005 16:05

Escola de Gente e Rádio MEC lançam "Oficineiros da Net"

Fetems

Comemorando seu terceiro ano de fundação, a ONG Escola de Gente - Comunicação em Inclusão lança o programa Oficineiros da Inclusão em um evento no dia 30 de março, às 14h, na sede da Rádio MEC, no Rio de Janeiro. O evento reproduzirá o programa, ao vivo, que será veiculado todos os domingos, a partir de 3 de abril, às 14h, na Rádio MEC AM 800.

Os presentes à festa irão receber uma cópia do CD com a trilha sonora do programa, o Rap Oficineiros da Inclusão, de autoria de vários nomes importantes do movimento Hip-Hop brasileiro como Weelf, Jamile Suarths, Maryhuana, Rico ZN e Refém. O CD é resultado de uma parceria da Escola de Gente com a ONG Cemina.

Com o programa de rádio Oficineiros da Inclusão, o tema inclusão de pessoas com deficiência passa a ser debatido semanalmente na mídia pelo olhar afiado e desbravador da juventude. Os Oficineiros são jovens que desde 2003 estudam com a Escola de Gente o conceito de sociedade inclusiva e o multiplicam para outros jovens no Brasil e no exterior.

O convite para criar o programa veio da Rádio MEC e coincide com um momento em que o país se organiza para aumentar a participação da juventude em decisões gerais por meio do Conselho Nacional de Juventude, que será anunciado até o final de abril pela Secretaria Nacional de Juventude, órgão vinculado à Secretaria-Geral da Presidência da República.

Com base na base na legislação nacional, o programa Oficineiros da Inclusão vai convocar os ouvintes da Rádio MEC para debater sobre o conceito e a prática de uma sociedade que não discrimine em função de qualquer diferença. Tudo com o respaldo de representantes do Ministério Público Federal, como a procuradora da República do Estado de São Paulo, Eugênia Augusta Fávero, autora do livro Direito das Pessoas com Deficiência - Garantia de Igualdade na Diversidade (WVA Editora – 2004).

"Como a palavra inclusão está na moda, nosso trabalho torna-se mais árduo, pois as pessoas acreditam já saber o que é inclusão e, freqüentemente, inclusive, praticá-la. O programa será inovador porque associa o empreendedorismo dos Oficineiros da Inclusão em prol da disseminação do conceito que estudam a um veículo democrático e de extrema importância para organizações, como a Escola de Gente, que defendem o direito à comunicação", diz Claudia Werneck, fundadora e presidente da Escola de Gente, autora de nove livros sobre o tema já traduzidos para o espanhol e o inglês.

Atores apresentam esquetes sobre discriminação

O evento de lançamento do novo programa contará ainda com a apresentação do grupo de teatro Os Inclusos e os Sisos - Teatro de Mobilização pela Diversidade, que também participará do programa de rádio apresentando esquetes divertidos e provocativos que apontam como as pessoas se discriminam no dia-a-dia sem perceber, principalmente quando uma delas tem deficiência. Os Inclusos e os Sisos é um outro projeto da Escola de Gente, composto por jovens atores, universitários e ex-universitários da Uni-Rio.

Equipe de Oficineiros da Inclusão responsável pelo programa:

Supervisão: Escola de Gente e Rádio MEC
Produção: Sabrina Trica e Louise Storni
Reportagem: Fábio Meirelles e Marina Maria
Apresentação: Danielle Basto e Flavia Martins

Histórico

Fundada no dia 11 de abril de 2002, a Escola de Gente nasceu do reconhecimento do trabalho da jornalista e escritora Claudia Werneck na área de inclusão. Inspirada na Resolução 45/91, assinada pela Assembléia Geral da ONU em 1990, a criação da ONG mobilizou diversos profissionais de comunicação e de outras áreas. A organização atua para que a comunicação seja colocada a serviço da inclusão de grupos vulneráveis na sociedade, principalmente pessoas com deficiência.
Endereço: a Rádio MEC fica na Praça da República n° 141 A - Centro, Rio de Janeiro/RJ

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)