Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

28/03/2005 16:05

Escola de Gente e Rádio MEC lançam "Oficineiros da Net"

Fetems

Comemorando seu terceiro ano de fundação, a ONG Escola de Gente - Comunicação em Inclusão lança o programa Oficineiros da Inclusão em um evento no dia 30 de março, às 14h, na sede da Rádio MEC, no Rio de Janeiro. O evento reproduzirá o programa, ao vivo, que será veiculado todos os domingos, a partir de 3 de abril, às 14h, na Rádio MEC AM 800.

Os presentes à festa irão receber uma cópia do CD com a trilha sonora do programa, o Rap Oficineiros da Inclusão, de autoria de vários nomes importantes do movimento Hip-Hop brasileiro como Weelf, Jamile Suarths, Maryhuana, Rico ZN e Refém. O CD é resultado de uma parceria da Escola de Gente com a ONG Cemina.

Com o programa de rádio Oficineiros da Inclusão, o tema inclusão de pessoas com deficiência passa a ser debatido semanalmente na mídia pelo olhar afiado e desbravador da juventude. Os Oficineiros são jovens que desde 2003 estudam com a Escola de Gente o conceito de sociedade inclusiva e o multiplicam para outros jovens no Brasil e no exterior.

O convite para criar o programa veio da Rádio MEC e coincide com um momento em que o país se organiza para aumentar a participação da juventude em decisões gerais por meio do Conselho Nacional de Juventude, que será anunciado até o final de abril pela Secretaria Nacional de Juventude, órgão vinculado à Secretaria-Geral da Presidência da República.

Com base na base na legislação nacional, o programa Oficineiros da Inclusão vai convocar os ouvintes da Rádio MEC para debater sobre o conceito e a prática de uma sociedade que não discrimine em função de qualquer diferença. Tudo com o respaldo de representantes do Ministério Público Federal, como a procuradora da República do Estado de São Paulo, Eugênia Augusta Fávero, autora do livro Direito das Pessoas com Deficiência - Garantia de Igualdade na Diversidade (WVA Editora – 2004).

"Como a palavra inclusão está na moda, nosso trabalho torna-se mais árduo, pois as pessoas acreditam já saber o que é inclusão e, freqüentemente, inclusive, praticá-la. O programa será inovador porque associa o empreendedorismo dos Oficineiros da Inclusão em prol da disseminação do conceito que estudam a um veículo democrático e de extrema importância para organizações, como a Escola de Gente, que defendem o direito à comunicação", diz Claudia Werneck, fundadora e presidente da Escola de Gente, autora de nove livros sobre o tema já traduzidos para o espanhol e o inglês.

Atores apresentam esquetes sobre discriminação

O evento de lançamento do novo programa contará ainda com a apresentação do grupo de teatro Os Inclusos e os Sisos - Teatro de Mobilização pela Diversidade, que também participará do programa de rádio apresentando esquetes divertidos e provocativos que apontam como as pessoas se discriminam no dia-a-dia sem perceber, principalmente quando uma delas tem deficiência. Os Inclusos e os Sisos é um outro projeto da Escola de Gente, composto por jovens atores, universitários e ex-universitários da Uni-Rio.

Equipe de Oficineiros da Inclusão responsável pelo programa:

Supervisão: Escola de Gente e Rádio MEC
Produção: Sabrina Trica e Louise Storni
Reportagem: Fábio Meirelles e Marina Maria
Apresentação: Danielle Basto e Flavia Martins

Histórico

Fundada no dia 11 de abril de 2002, a Escola de Gente nasceu do reconhecimento do trabalho da jornalista e escritora Claudia Werneck na área de inclusão. Inspirada na Resolução 45/91, assinada pela Assembléia Geral da ONU em 1990, a criação da ONG mobilizou diversos profissionais de comunicação e de outras áreas. A organização atua para que a comunicação seja colocada a serviço da inclusão de grupos vulneráveis na sociedade, principalmente pessoas com deficiência.
Endereço: a Rádio MEC fica na Praça da República n° 141 A - Centro, Rio de Janeiro/RJ

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)