Cassilândia, Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Últimas Notícias

06/02/2020 16:30

Epidemia: professora de 24 anos é 2ª morte de dengue em Corumbá

Campo Grande News

 

Internada desde o dia 13 de janeiro, a professora Dúnia Safa morreu na madrugada desta quinta-feira (6), vítima de dengue. Com apenas 24 anos, é o segundo óbito registrado este ano em Corumbá. A cidade, distante 419 quilômetros de Campo Grande, é a primeira a enfrentar epidemia da doença em 2020 em Mato Grosso do Sul.

A Secretaria de Saúde do Município confirmou a causa da morte e já tem 1.449 casos notificados de dengue neste ano, mais do que o ano todo de 2019, quando foram registrados 1.403. A primeira morte pelo tipo hemorrágico em Corumbá, registrada no dia 9 de janeiro, foi de Lucian Andrade, de 29 anos.

Na cidade, os bairros com mais casos suspeitos são Cristo Redentor; Popular Velha; Centro; Guanã; Dom Bosco; Aeroporto; Guatós; Maria Leite e Nova Corumbá. Mas por todo o município é fácil encontrar vítimas da doença.

"Está um caos", resumiu o comerciante Eder Rachid. Segundo ele, tem muito terreno com lixo. "Minha madrinha pegou dengue faz uma semana".

Moradora do Bairro Guatós, Jociara de 34 anos, conta que teve dengue hemorrágica e quase morreu. "Eu sentia muitas dores no corpo, febre e sangramento intenso no nariz. Emagreci 15 quilos em uma semana. Achei que ia morrer", lamentou ela em post na página do município no Facebook.

Funcionário de um posto de combustíveis, Luis Henrique Navaho, diz que as medidas adotadas pela prefeitura não tem surtido efeitos. "Cada um tem que fazer a sua parte. No meu bairro temos um grupo de moradores. O pessoal manda, quase que diariamente, relato de terreno baldio com foco do mosquito da dengue", reclamou. As reclamações, segundo o morador, são encaminhadas para a prefeitura tomar providência, mas sem resposta.

Com o caso da professora já são dez mortes causadas pela doença em Mato Grosso do Sul. Em um mês e quatro dias, as notificações por dengue no Estado chegaram a 9.053 com 2.040 casos confirmados.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 28 de Fevereiro de 2020
10:00
Receita do Dia
Quinta, 27 de Fevereiro de 2020
10:00
Receita do Dia
Quarta, 26 de Fevereiro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)