Cassilândia, Sábado, 19 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

05/08/2017 13:00

Entenda como fica o afastamento por insalubridade durante gravidez

Portal Brasil

 

Um dos principais pontos da modernização trabalhista, recentemente sancionada pelo presidente Michel Temer, é a possibilidade de mulheres grávidas ou lactantes receberem o adicional de insalubridade. Pela legislação anterior, elas já eram afastadas automaticamente das funções, mesmo que os riscos fossem baixos.

Ao mesmo tempo, ela perdia esse bônus, que era parte da renda mensal. Com a modernização, se a mulher for afastada do trabalho, o bônus pelas condições insalubres do emprego continuará a ser pago. Para a juíza do trabalho Ana Luiza Mendonça, a legislação anterior era bem-intencionada, mas desastrosa para a mulher.

“Ela [a legislação anterior] afastava a mulher do mercado de trabalho e retirava parte da remuneração dela”, afirmou a juíza. Os afastamentos do trabalho só ocorrerão automaticamente se a insalubridade for considerada máxima. Nos casos em que ela for classificada como média ou mínima, a mulher poderá ser afastada ou não.

Avaliação do médico

Segundo a juíza, gestante e médico vão avaliar a necessidade do afastamento nas situações de insalubridade inferiores ao nível máximo. “Mas o mais importante é o seguinte: quando for desaconselhado o trabalho em ambiente insalubre por atestado médico, ela vai, necessariamente, manter sua remuneração na íntegra”, disse Ana Luiza.

Para as lactantes, as regras são semelhantes. Elas poderão trabalhar em locais considerados insalubres, mesmo os de nível máximo. Nesse caso, elas serão afastadas apenas se houver pedido médico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 19 de Agosto de 2017
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)