Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/02/2005 15:45

Ensino médio público tem déficit de 250 mil professores

INEP

O MEC (Ministério da Educação) informou nesta segunda-feira que está finalizando um levantamento para identificar quantos professores de química, física, matemática e biologia faltam no ensino médio público. Dados preliminares do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão ligado ao MEC, revelam a falta de 250 mil professores.

Segundo a diretora de ensino médio da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), Lúcia Lodi, o levantamento vai auxiliar as atividades da Capemp (Comissão de Aperfeiçoamento de Professores do Ensino Médio e Profissional), criado em março de 2004 com o objetivo de traçar alternativas para suprir a carência de educadores.

"O problema é diferente em cada região, de Estado para Estado, e em áreas de conhecimento. Para propormos as medidas, precisamos ter dados que exprimam a realidade da forma mais fiel", explicou.

De acordo com o secretário de educação básica, Francisco das Chagas, o MEC trabalha na questão. "A falta de professores em sala de aula é responsabilidade dos sistemas", afirmou. "Estamos elaborando uma proposta. Vamos conversar com os secretários estaduais de educação para que não aconteça de os alunos terminarem o ano sem ter noção das disciplinas nas quais faltam professores."

A Capemp estuda duas opções. Uma delas é assegurar ao professor em sala de aula a formação que é definida pela legislação para que ele possa exercer a função docente. Outra é considerar para os casos extremos a possibilidade de assistência aos alunos por meio do programa de educação a distância.

Reforço - Na semana, passada, o então ministro interino da Educação, Fernando Haddad, assinou duas portarias que autorizam a contratação de 800 professores de ensino básico (fundamental e médio).

A Portaria nº 411 autoriza a contratação de 110 professores de ensino fundamental e médio pelas universidades federais Fluminense, de Juiz de Fora, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Santa Maria, Rural do Rio de Janeiro, Roraima, Maranhão, Rio Grande (RS), Uberlândia, Acre, Pelotas, Piauí, São Carlos, Sergipe e Viçosa.

A de nº 412 autoriza 690 contratações, 100 delas para o Colégio Pedro II, quatro para o Ines, três para o Instituto Benjamin Constant e as demais para os Cefets e escolas agrotécnicas.

Com a autorização e definição de vagas, em breve serão publicados, os editais dos concursos. As instituições ligadas ao MEC citadas nas portarias têm prazo de até seis meses para fazer a divulgação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)