Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/03/2008 10:33

Enersul diz que teve prejuízo e culpa redução da tarifa

Fernanda Mathias/Campo Grande News

A Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) publicou na edição desta quinta-feira do DOE (Diário Oficial do Estado) o relatório de demonstrações financeiras de 2007 que aponta prejuízo líquido de R$ 58 milhões, apesar do aumento do consumo de energia. A empresa aponta a redução de 6,6% determinada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) no fim do ano passado como responsável pela queda de 6,8% na receita operacional bruta e de 7% na receita operacional líquida.
A redução foi determinada pela Aneel para corrigir uma distorção gerada pelo erro na base de remuneração informada pela Enersul para a revisão tarifária de 2003. A empresa ainda tem de devolver valores retroativos à cobrança equivocada dos últimos anos e a Aneel sugere uma correção para baixo de 18,9% nas tarifas. A questão será definida em audiência pública marcada para o dia 13 de março, em Campo Grande.

A Enersul reconhece que o consumidor tem um crédito líquido de R$ 142 milhões para receber, referente à correção do erro. Porém, a devolução foi questionada pela empresa porque, argumenta, “se refere à reabertura de um laudo de avaliação fiscalizado diversas vezes pela Aneel”. Ao reconhecer o equívoco, ainda no ano passado, a Aneel chegou a pedir desculpas ao consumidor.

A energética chegou a propor à Aneel para pagar este montante nos próximos 5 anos, alegando justamente a necessidade de equilíbrio financeiro, mas a agência reguladora quer que isso ocorra em 12 meses a partir de abril deste ano. No relatório, a empresa sustenta que a qualidade do serviço prestado aumentou, apesar de os indicadores terem apresentado ligeiras reduções tanto na freqüência de interrupções (de 10,45 vezes para 9,27 vezes) quanto na duração ( de 13,56 horas a 13,13 horas). Também apresentou melhorias no índice de satisfação do cliente com o serviço prestado.

Consumo maior – Embora alegue prejuízo, o relatório da Enersul admite crescimento no consumo de energia elétrica em Mato Grosso do Sul no ano de 2007, devido à recuperação econômica. De 3.126 GWh distribuídos em 2006, a empresa passou a 3.273 GWh, um aumento de 4,7%, contra apenas 0,6% no ano anterior. O consumo dos clientes industriais apresentou um acréscimo de 6,4% em relação a 2006, e dos rurais um crescimento de 5,9%. O número de clientes faturados teve um acréscimo de 2,9% em relação a 2006, alcançando 710.288 ao final de 2007.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)