Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/04/2005 12:36

Enersul anuncia mais reajuste para julho e culpa imposto

Fernanda Mathias e Thaísa Bueno / Campo Grande News

A diretoria da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) anunciou nesta manhã, durante entrevista coletiva, mais um reajuste de 4% para 1º de julho, além dos 17,38% de média que entram em vigor hoje, surtindo reflexo na fatura de maio. O atual reajuste para 99,65% dos clientes, que são de baixa tensão, será de 17,47% e para 2,2 mil clientes de alta tensão de 19,3%.
Segundo a direção da empresa, o próximo reajuste, de 4%, será em conseqüência do aumento dos encargos de PIS e Cofins, que teriam gerado um aumento de custo de R$ 33 milhões não repassados no novo índice, autorizado pela Aneel. A Enersul avisou, ainda, que em 2006 deve ser repassada mais uma parcela desse ônus ao consumidor.
Segundo argumenta a empresa, cerca de 70% da composição das tarifas são impostos e os outros 30% para manutenção dos serviços, investimentos e a rentabilidade da companhia. Nos últimos dois anos, segundo explicaram os diretores, os encargos tiveram aumento de 87%. Da composição do reajuste 7,45 pontos percentuais são resquícios de aumento autorizado ainda no ano de 2003, quando ocorreu a revisão do contrato de concessão. Naquela época a Aneel tinha concedido índice provisório de aumento de 42%, mas no cálculo definitivo chegou a 65%.
Com este reajuste, médio de 17,38%, já se chega aos 50% e outros 15% de reajuste devem ser ainda incorporados à tarifa. A empresa não forneceu data para que isto ocorra. O diretor comercial Paulo César Soares, admite que o aumento é pesado. “A orientação é que as pessoas economizem energia”, disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)