Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/12/2010 18:30

Enem: 9,5 mil estudantes terão direito de fazer nova prova quarta-feira

Amanda Cieglinski, Agência Brasil

Brasília – Mais de 9,5 mil estudantes terão direito de refazer as provas de ciências humanas e da natureza do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na próxima quarta-feira (15). Inicialmente, o Ministério da Educação calculava que cerca de 2,8 mil alunos poderiam participar do novo exame.

A avaliação será reaplicada em 17 estados para os candidatos que foram prejudicados pelos erros de impressão em um lote do caderno de provas amarelo, que não continha todas as 90 questões.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos Educacionais (Inep), todos os alunos serão comunicados até o fim do dia de hoje (10) por e-mail, SMS e telegrama. O levantamento foi feito a partir da análise das 116 mil atas das salas de prova. O documento é usado pelos fiscais para relatar qualquer problema ocorrido durante a aplicação do exame.

Os estados do Paraná e de Santa Catarina concentram mais da metade dos casos de alunos prejudicados (60%). A prova será reaplicada em 42 municípios catarinenses – os que registraram o maior número de ocorrências foram Chapecó e Concórdia. No Paraná, 95% dos casos ocorreram em Curitiba.

Os 17 estados em que haverá nova prova do Enem são: Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Ceará, Sergipe, Piauí, Pernambuco, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Sul, Pará. Tocantins, Goiás, São Paulo e Amazonas.

O Inep esclarece que nenhum dos convocados é obrigado a participar da reaplicação do exame, marcada para o dia 15, às 13h. Quem não comparecer terá corrigida a prova anterior, que foi aplicada em 6 de novembro. A consulta aos locais de prova pode ser feita no site do Enem.

De acordo com o instituto, os alunos que precisarem fatar ao trabalho poderão solicitar uma declaração de comparecimento. O Inep informa que os estudantes que, “por qualquer motivo, foram convidados e não tiveram problemas com a prova amarela, ou realizaram provas de outra cor, devem simplesmente desconsiderar o convite”.

Edição: Nádia Franco


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)