Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/08/2006 13:58

Empresas com dividas federaispodem fazer parcelamento


A partir de hoje, dia 14 de agosto, as empresas em dívida com a União podem aderir ao novo programa de parcelamento, instituído pela Medida Provisória (MP) 303. A adesão só pode ser feita pela internet, nas páginas da Receita Federal (wwww.receita.fazenda.gov.Br) ou da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (www.pgfn.fazenda.gov.br)

Contribuintes com débitos vencidos até 28 de fevereiro de 2003 podem dividir o valor em até 130 meses. A parcela mínima será de R$ 200, se a empresa fizer parte do Simples (sistema simplificado de cobrança de impostos), ou de R$ 2.000 para as demais empresas.

Quem contraiu dívidas entre 1º de março de 2003 e 31 de dezembro de 2005 pode dividir em até 120 meses. A parcela mínima para quem fizer essa opção é de R$ 200 por tributo parcelado.

A MP também oferece a possibilidade de realizar o pagamento à vista ou em seis vezes para quem tem débitos vencidos até 28 de fevereiro de 2003. Para essa modalidade é oferecida redução de 80% do valor das multas e de 30% dos juros.

Para o contribuinte que for dividir os débitos em seis meses, o prazo começa no dia 1º de setembro.

O pagamento da primeira parcela deve ser feito até o último dia útil do mês em que o contribuinte aderir ao parcelamento. No entanto, caso a empresa faça o pedido no mês que vem, a parcela deverá ser quitada até dia 15 de setembro, quando se encerra o prazo de adesão.

O contrato será suspenso caso o contribuinte rescinda qualquer outro parcelamento que mantenha simultaneamente ao atual. Também deixará de valer o parcelamento em que houver falta de pagamento de duas prestações.

As prestações serão atualizadas pela Taxa de Juros de Longo Pazo (TJLP). Para débitos vencidos entre 1° de março de 2003 e 31 de dezembro de 2005, a única opção dada é o parcelamento em até 120 meses. Não há previsão de redução de multa ou juros para esta modalidade.


Agência Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)