Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

31/03/2007 17:36

Empresário passa mal no aeroporto e morre no hospital

Lúcia Nórcio/ABr

Curitiba - Após passar a madrugada de hoje (31) no Aeroporto Internacional Afonso Penna, na região metropolitana da capital paranaense, o empresário gaúcho Luiz Fernando Ferrari Mosca, 54 anos, passou mal e morreu no Hospital Santa Cruz, em Curitiba.

De acordo com um de seus dois filhos, Luiz Fernando Capeletto, ele tinha vôo marcado para 22h30 e decidiu permanecer no aeroporto após as operações terem sido suspensas. Segundo a Infraero, os passageiros dos vôos noturnos foram conduzidos a uma sala VIP para aguardar uma solução.

O empresário começou a passar mal no início da manhã e, depois de atendido, foi levado ao hospital, que não divulgou a causa da morte. A Agência Brasil tentou por diversas vezes fazer contato com a Gol, empresa responsável pelo vôo, mas não foi atendida.

O corpo será levado para Porto Alegre hoje, segundo Capeletto.

Depois de permanecer fechado devido a uma forte neblina durante toda a madrugada, o Aeroporto Afonso Pena voltou a operar às 8h55, com um total de 54 procedimentos previstos – 27 pousos e 27 decolagens.

Desse total, 11 vôos foram cancelados e outros 13 tiveram atraso superior a uma hora até o meio-dia, segundo a assessoria da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) em Curitiba. O dado contradiz o balanço nacional divulgado pela estatal, que não acusa a ocorrência de atrasos nesse aeroporto.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Agosto de 2017
Domingo, 20 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
09:50
Três Lagoas
Sábado, 19 de Agosto de 2017
20:38
Para o fim de semana
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)