Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/04/2010 10:58

Empresárias brasileiras seguem à risca tradições muçulmanas para fechar negócios no Irã

*Renata Giraldi, Agencia Brasil

Teerã (Irã) – Dos 86 empresários que compõem a missão brasileira ao Irã, Egito e Líbano, 15 são mulheres. Cultas, falando pelo menos dois idiomas além do país e com várias experiências profissionais no exterior, todas resolveram seguir à risca as regras religiosas e de costumes locais: usarão véu cobrindo os cabelos, roupas largas que escondam as formas femininas, e nada de olhar nos olhos ou apertar a mão dos homens.



“Será uma experiência totalmente nova para mim. Mas não me importo de ficar totalmente escondida com véu e um mantô. Isso para mim não é um problema. Vim para poder ampliar o mercado para a minha empresa e fazer clientes”, disse Bianca Linck, que vende panos de chão e algodão.



A empresária Camila Rodrigues, que atua no ramo de móveis populares, disse não estar temerosa do que vai encontrar pela frente. “Já fui a várias feiras em países muçulmanos, como o Marrocos, e consegui fazer ótimos negócios. Não podemos trabalhar pensando em diferenças, mas em semelhanças. Não será um problema”, disse ela.



Por via das dúvidas, as empresárias resolveram andar em grupo e sempre com um suporte dos colegas homens. Algumas encomendaram roupas específicas para a ocasião, seguindo orientações que leram na internet sobre os diversos tipos de vestimentas que podem ser usadas, outras vão improvisar com trajes mais sóbrios e lenços sobre os cabelos.



“O importante é concentrar a atenção na tarefa que viemos desempenhar: que é abrir chances de novos mercados. O momento é de prospecção e conhecimento da área”, disse Rosane Donati, da Associação Brasileira da Indústria de Painéis de Madeira.



Daqui a um mês, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará sua primeira visita ao Irã acompanhado por uma comitiva de ministros, parlamentares e também investidores.



A viagem da missão empresarial será estendida ao Egito e ao Líbano e vai durar uma semana.



Os empresários, capitaneados pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Miguel Jorge, viajam no Boeing KC 707 da Força Aérea Brasília (FAB) que no passado era conhecido como "Sucatão".



*A repórter e o fotógrafo viajaram a convite do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.



Edição: Tereza Barbosa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)