Responsável: Bruna Girotto - DRT/MS 1051
Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Últimas Notícias

02/09/2013 14:30

Empresa procura petróleo em Mato Grosso do Sul

Bruna Girotto
Estudo está em fase inicial em MS (Foto: Infoescola)Estudo está em fase inicial em MS (Foto: Infoescola)

Diversas camionetes estacionadas na avenida Presidente Dutra (BR-158), em Cassilândia (MS), chamaram a atenção dos cassilandenses nos últimos dias.

O departamento de jornalismo da Rádio Patriarca de Cassilândia foi ao local e conversou com Paulo Dilson, funcionário da ANDL Geofísica, empresa esta dedicada à pesquisa de petróleo em todo o Brasil.

"Fomos contratados através de uma licitação pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e trabalharemos no Estado de Mato Grosso do Sul", explicou Paulo em entrevista concedida ao programa Rotativa no Ar, da Rádio Patriarca.

Cassilândia será município de apoio da empresa. "Vamos iniciar em Cassilândia, onde começamos a trazer alguns equipamentos, veículos, já alugamos alguns galpões e estamos trazendo máquinas. Dois argentinos que pertencem à empresa, além de outros técnicos, farão o trabalho inicial", disse Paulo.

O trabalho ainda não teve início porque a empresa depende de autorização da ANP. "Estamos nos preparando para quando tiver a autorização, estar tudo pronto para iniciar o trabalho", contou.

Paulo disse que Cassilândia foi escolhida por "estratégia de zona de interesse". O estudo será feito saindo "daqui para Chapadão ou daqui para Três Lagoas". Os funcionários da empresa também passarão por Água Clara, Campo Grande, pela BR-262 e outras rodovias de MS. "A intenção é abranger todas essas estradas", disse.

Ele contou que ficarão em Campo Grande e usarão Cassilândia como apoio. "Ficaremos de 3 a 4 dias em cada cidade, circulando por hotel. Depois a gente acaba voltando para cá, onde finalizaremos o estudo".

O trabalho é realizado por 8 caminhões. "São máquinas que vão trabalhando simultaneamente sobre o asfalto. Tem uma prancha que emite vibração, que de 20 metros você não sente. Essas vibrações tiram fotos do subsolo. Tem um sismógrafo que estará registrando todo o processamente feito por profissionais geofísicos, e eles avaliam o que pode haver no subsolo".

Paulipetro - A Paulipetro foi uma empresa criada durante a gestão do então governador de São Paulo, Paulo Maluf, com o intuito de extrair petróleo e gás natural na bacia do rio Paraná. Esta empresa vistou Cassilândia, há muitos anos, e abriu dois poços onde achava que poderia ter gás ou petróleo. Depois, fecharam os poços.

Paulo Dilson disse que ouviu falar que houve isso no passado. "A ANP, que é dona do trabalho, com certeza está realizando este estudo por causa de algo que aconteceu no passado", disse Paulo, sem confirmar se o estudo foi baseado no trabalho feito pela Paulipetro anteriormente.

Desenvolvimento - Paulo Dilson falou que o interesse da empresa é em encontrar petróleo e gás: "O estudo nunca diz que, com certeza, aqui tem. Trabalhamos com possibilidades de vestígios de ter ou não petróleo ou gás. Aqui estamos muito esperançosos por tudo que tem em volta da bacia. A probabilidade é muito boa".

Relatou mais: "O nosso trabalho é fazer o estudo. O resultado do estudo entregaremos a ANP".

E, ao final, Paulo avaliou: "Este estudo sísmico vai trazer, com certeza, desenvolvimento para a região. Não vamos causar nenhum impacto negativo para a sociedade. Estamos para colaborar com o desenvolvimento da região".

Empregos - A empresa contratará pessoas de Cassilândia para trabalhar como, por exemplo, motorista. O interessado deverá conhecer a região de MS. Segundo Paulo, três pessoas da cidade já foram contratadas. Em aproximadamente, 15 a 20 dias, a empresa estará com escritório e, então, receberá currículos dos interessados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)