Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/05/2012 07:19

Empresa espanhola nacionalizada pela Bolívia quer indenização

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – O comando da Rede Elétrica Espanhola (REE), cuja filial Red Elétrica Internacional (SAU) foi nacionalizada ontem (1º) pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, informou que vai pedir indenização financeira ao governo boliviano pela decisão. Em comunicado, a direção da companhia lamentou a decisão da Bolívia, mas disse que espera chegar a um acordo para uma \"compensação adequada\", uma vez que a medida \"vai contra todas as regras do mercado livre\".

Ontem, durante as comemorações do Dia do Trabalho, Morales anunciou a expropriação das ações da Rede Elétrica Espanhola na Red Elétrica Internacional - SAU e ordenou às Forças Armadas que assumam o controlo das instalações da empresa. A medida ocorreu duas semanas depois de a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, expropriar a petrolífera espanhola YPF.

Morales justificou a expropriação alegando que a empresa não investe o suficiente nem no ritmo adequado na Bolívia. No decreto, o presidente determina a nacionalização de todas as ações da empresa no país.

Segundo Morales, a medida é um “reconhecimento justo” aos trabalhadores e ao povo bolivianos. De acordo com ele, os serviços prestados pela empresa serão mantidos, sem riscos de interrupção, e os empregos e os direitos trabalhistas dos funcionários estão garantidos.

No poder desde 2006, Morales anunciou várias expropriações. Inicialmente, foram as empresas petrolíferas, depois as mineradoras e as de cimento, agora a espanhola de energia elétrica. Geralmente, ele escolhe o 1º de Maio, Dia do Trabalho, para anunciar a nacionalização de empresas.

*Com informações das agências públicas de notícias da Bolívia, ABI, e de Portugal, Lusa//Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)