Cassilândia, Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021

Últimas Notícias

28/04/2013 09:00

Empresa de eventos é condenada por barrar entrada de expositor

TJMS

A empresa Everesty Promoções e Eventos Ltda. foi condenada a pagar ao autor da ação, R.W.J.M. ME, o valor de R$ 625,00 a título de multa contratual, a quantia de R$ 14.243,70, a título de lucros cessantes e por fim, pagamento de indenização por danos morais arbitrado em R$ 5.000,00.

O autor alega nos autos que firmou contrato com a ré, organizadora do evento FENASUL/MS, a fim de alugar um estande no valor de R$ 2.500,00. Porém, no dia do evento foi impedido de entrar no local, pois não seria “bem-vindo”, visto que seu contrato teria sido encerrado unilateralmente.

Afirma que a empresa ré cancelou seu contrato e ainda descontou o cheque dado como pagamento pelo aluguel do estande. Sustenta que sofreu sérios danos materiais e morais em decorrência do ocorrido.

Assim, requereu em juízo que a empresa seja condenada ao pagamento de multa contratual, lucros cessantes e danos morais. Em contestação, a ré sustenta a total improcedência do pedido ajuizado pelo autor.

Conforme a sentença homologada pela 10ª Vara do Juizado Especial de Campo Grande, “primeiramente, ao contrário do que afirma a requerida, ela não pode agir da forma que bem quiser. Assinado o contrato, esse se regula por princípios e disposições próprias que não podem ser ignorados pelas simples vontade unilateral de uma das partes. Em segundo, o motivo da rescisão unilateral do contrato pela ré não é justo, rescindir o contrato com o autor porque esse tinha melhores preços que outros expositores, e tais expositores se sentiram ameaçados, não passa de ofensa direta ao bom direito”.

Com relação ao pagamento da multa contratual, “considerando tal fato, hei de julgar procedente, nesse momento, o pedido do autor de ver paga a multa contratual de 25%, devidamente corrigida e atualizada, desde a data de 11 de julho de 2012, sobre o quantum de R$ 2.500,00, valor objeto do contrato firmado entre o requerente e a ré”.

Sobre o pedido de lucros cessantes, “sendo inquestionável o ato ilícito da ré, bem como a razoabilidade e a proporcionalidade do pedido do autor, que se fundamenta na média do lucro que auferiu nos outros anos em que participou da FENASUL, condeno a requerida no pagamento por lucros cessantes no valor de R$ 14.243,70”.

Por fim, a cerca dos danos morais apresentados nos autos, “nesse caso, observe a existência de dano a imagem, honra e moral subjetiva do autor, ao ser tratado como persona non grata pela ré, mesmo tendo firmado e pago corretamente o contrato de aluguel de estande. Ademais é cristalino que o autor sofreu forte abado e estresse, muito além do mero aborrecimento do dia-a-dia, é o caso de se mensurar o fato do autor ter sido barrado na porta da data do evento, sendo tratado como pessoal totalmente indesejável”.

Processo nº 0808577-65.2012.8.12.0110

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação Social - imprensa.forum@tjms.jus.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 21 de Janeiro de 2021
Quarta, 20 de Janeiro de 2021
Terça, 19 de Janeiro de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)