Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/03/2005 15:44

Emprego na indústria metalúrgica tem maior crescimento

Pedro Z. Malavolta / ABr

O ano de 2004 foi o melhor ano em contratações da última década na indústria metalúrgica. O saldo positivo entre contratações e demissões foi de 157.709 postos de trabalho, o que significa um crescimento de 11,6%. O ano passado também registrou o segundo ano consecutivo de crescimento de emprego neste ramo da indústria, o que ocorre pela primeira vez desde o início da pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CMN/CUT) e do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos).

O último biênio reverte a trajetória de queda nos postos de trabalho do setor iniciada em 1987, ano do primeiro censo feito pelo Dieese, que apontava a existência de 2.757.949 de metalúrgicos. Dezesseis anos depois, em 2003, mais de 50% dos postos de trabalho foram cortados e a indústria metalúrgica brasileira empregava 1.319.793 pessoas. Estes dois últimos anos acumulam, segundo a pesquisa, um crescimento de 217.478 empregos, um aumento de 16,5%, maior do que os 12,3% do emprego em toda a indústria. Segundo a pesquisa, o país tinha no final de janeiro deste ano 1.537.271 de metalúrgicos.

Para o secretário de organização da CMN/CUT, Valter Sanches, "a política macro-econômica e a ausência de políticas setoriais nos governo anteriores foram o principais responsáveis" pela queda do nível de emprego na metalurgia. Ele citou como ausência de políticas de desenvolvimento setorial o não-investimento no setor transporte ferroviário e na indústria naval, e lembrou também o estímulo à importação de bens de capital, que classifica com "trapalhada".

Sanches acredita que a substituição de mão-de-obra pela automação foi uma causa secundária."A reestruturação produtiva aconteceu em todo mundo, mas em nenhum lugar houve uma redução de 50% da mão-de-obra", justifica. A pesquisa critica os altos juros, dizendo que podem atrapalhar o crescimento da economia, porém Sanches está otimista. "O crescimento do emprego em janeiro [como a pesquisa apontou] também é um fato inédito, e mostra como ainda estamos crescendo". Ele elogiou a política de crédito ao consumidor, implementada pelo governo, e o aumento de 50% na verba de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Eleno José Bezerra, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo ligado a outra central sindical, a Força Sindical, acha a avaliação de Sanchez otimista demais. "A pesquisa mostra o crescimento de alguns setores, mas não de todo o emprego", afirma.

A pesquisa de CMN/CUT registra crescimento "nos seis maiores setores do ramo metalúrgico (Automotivo, Siderúrgico, Bens de Capital, Eletroeletrônico, Naval e Aeroespacial)". Porém Bezerra ressalta que indústrias de Eletrodomésticos e de Materiais Sanitários de Aço, também do ramo da metalurgia, estão em crise. Segundo ele, o aumento das taxas de juros nos últimos seis meses está começando a se refletir na economia. "Se nada for feito em trinta ou sessenta dias, as empresas desse setor não vão ter demitir", prevê.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)